.

Com salários atrasados, servidores da limpeza pública de Stª Cruz do Capibaribe realizam protesto

Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
Na manhã desta segunda-feira (11) profissionais que atuam na limpeza pública urbana de Santa Cruz do Capibaribe realizaram um protesto exigindo o pagamento de salários atrasados. O grupo utilizou carros de som e faixas para divulgar a atual situação pela qual estão sendo submetidos.
Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
Ainda de acordo com a classe, há dois anos o grupo não recebe férias e cestas básicas pelas quais teriam direito. Questionados sobre o direcionamento do pagamento alguns afirmaram que a empresa Vialim responsável pela coleta de lixo sustenta que a prefeitura local não tem honrado com suas dívidas, ficando assim inviável o pagamento dos funcionários.
Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
Inicialmente o grupo esteve de fronte à Secretaria de Desenvolvimento Urbano, e em seguida se deslocou para frente da Prefeitura Municipal, onde novamente cobrou por providências.

– Atualização às 10:07

Em contato com o Blog do Bruno Muniz, profissionais que fazem a assessoria de comunicação da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe destacaram que receberam representantes do grupo de manifestantes e ressaltaram que a problemática especificada no protesto seria de responsabilidade da empresa Vialim, que possui sede em Caruaru.

O porta-voz Gilberto Silva informou que argumentou com o grupo de garis para que os mesmos procurassem a entidade responsável por resolver o impasse entre a classe. Ainda de acordo com o mesmo, o grupo protestou no município por entender que os departamentos públicos locais estavam mais próximos da comodidade de residência dos profissionais.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso