.

Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe participam da 17ª Sessão Ordinária do ano

Discursos se dividiram entre defesa de líderes políticos, autoria de obras e eleições de 2018.

Na tarde desta quinta-feira (30), os vereadores de Santa Cruz do Capibaribe se reuniram para mais uma sessão plenária, sendo esta a 17ª do ano e a última do mês de novembro. Na ocasião estiveram presentes todos os 17 vereadores do município, estes que participaram da votação de projetos e também fizeram o tradicional uso da tribuna.

Na oportunidade foram analisados alguns projetos de lei, sendo um deles o de autoria do Poder Executivo de Nº 020/2017 que estima a receita fixa a despesa do município para o Exercício Financeiro de 2018. Outro PL importante foi o de Nº 019/2017, que dispõe sobre o Plano Plurianual para o quadriênio de 2018 à 2021.

Durante uso da tribuna foi possível notar considerável elevação no tom de alguns parlamentares que centraram suas falas nas eleições do próximo ano e discutiram a autoria de algumas obras no município.
Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
Júnior Gomes destaca ações de Paulo Câmara e Diogo Moraes 

O vereador Júnior Gomes (PSB) abriu a tarde de discursos ressaltando ações do Governo Paulo Câmara (PSB), onde pontuou atividades conjuntas entre o líder do estado o deputado estadual Diogo Moraes, também do PSB.

Júnior enfatizou que o município vivenciou consideráveis progressos na gestão do governador Câmara, além de pontuar ações que foram desencadeadas pelo menos em parceria com lideranças políticas locais. Júnior também teceu algumas críticas contra os oposicionistas.

Jéssyca sustenta atuação de Edson Vieira e volta a bater na bancada opositora

A vereadora Jéssyca Cavalcanti foi a segunda oradora da tarde e aproveitou de seu discurso para destacar o lançamento da Conferência Municipal de Educação, iniciada hoje em Santa Cruz do Capibaribe.

Jéssyca, que é do PTC, também elencou algumas obras desenvolvidas no município durante a gestão do prefeito Edson Vieira, cujo o denominou como um divisor de águas na história administrativa da cidade.

A parlamentar numerou algumas construções e fez críticas aos oposicionistas sob alguns aspectos, onde em um deles voltou a citar a mãe do vereador Ernesto Maia (PT), ex-secretária de Educação do município.

Capilé faz novas cobranças ao Governo Municipal

O vereador Capilé da Palestina (PODE) iniciou o seu discurso fazendo algumas exigências ao prefeito Edson Vieira, cujo pontuou a necessidade de alguns bairros e sustentou é necessário mais atenção excepcionalmente para com os bairros da periferia.

Capilé centrou também críticas a alguns companheiros da bancada situacionista, onde especificou que os mesmos estavam engajados de defender um governo com ações falhas e administração precária.

Nailson Ramos elenca ações do Governo Vieira e rebate declarações de oposicionistas

Durante o seu período de uso da tribuna, o vereador Nailson Ramos (PMDB) abordou algumas ações do seu líder de grupo político e também destinou algumas falas mais brandas contras membros do grupo de oposição.

Para o peemedebista, o grupo opositor estaria buscando descaracterizar as ações de sua ala com declarações vazias e sem fundamentos concretos. Neste âmbito, o político fez direcionamentos fixos a alguns membros do grupo oposicionista.

Klermerson Pipoca destaca revitalização da Avenida Padre Zuzinha 

O vereador Klemerson Ferreira (Pipoca – PSDB) iniciou o seu discurso destacando os trabalhos das comissões da Casa Dr. José Vieira de Araújo e parabenizou alguns de seus membros.

O vereador também criticou Carlinhos da Cohab (PTB) pelo fato do mesmo ter pedido vista em um projeto que contou com apreciação harmônica dos demais vereadores.

Klemerson também ressaltou a importância da revitalização da Avenida Padre Zuzinha, em apresentação que foi feita essa semana pelo prefeito Edson Vieira.

"Esta união vai prevalecer", diz Ronaldo sobre Edson e Paulo Câmara

O vereador Ronaldo Pacas (PR) iniciou as suas abordagens em tribuna complementando o discurso do vereador Júnior Gomes, onde na ocasião reconheceu algumas das ações do Governo do Estado, como por exemplo a expansão do programa Ganhe o Mundo.

Em dado momento de seu discurso, Ronaldo ressaltou a união entre o Governo do Estado e o Governo Municipal, onde afirmou que a mesma seria mantida tendo como principal objetivo o bem comum da 'Capital da Moda'.
"Foi o Governo que mais investiu em Santa Cruz até hoje. Dados estatístico comprovam que teve investimentos do governo Paulo Câmara aqui em Santa Cruz do Capibaribe, superando muitos e muitos outros que passaram, é a realidade dos fatos atuais. É com bem dizia a vereadora Jéssyca: 'Edson Vieira o prefeito da educação'. É o casamento perfeito, com o governador da melhor educação do Brasil. Nós estamos imbuídos neste propósito, porque esta união ela prevalece e vai prevalecer e Santa Cruz é quem vai ganhar", disse.
Marlos levanta pontos contra Edson Vieira e crítica aliados do prefeito

O vereador Marlos da Cohab (PODE) fez um discurso voltado para as necessidades do município e destacou algumas demandas que estariam existindo sem o devido acompanhamento do Governo Municipal.
"Onde é que está o dinheiro da arrecadação do nosso município?", indagou o oposicionista.
Marlos também fez alguns comparativos e criticou o ex-prefeito Toinho do Pará (PSB) pela sua atuação como gestor, críticas estas que mais tarde seriam rebatidas pelo próprio Toinho durante o seu uso da tribuna.

Helinho diz que discurso de situacionistas está dividido

Durante o seu tempo de oratória o vereador Helinho Aragão (PTB) fez novas cobranças ao prefeito Edson Vieira e lamentou discursos de alguns oposicionistas.

Em um dos pontos mais brandos de suas abordagens, o petebista falou sobre a relação entre Paulo Câmara, Diogo Moraes e Edson Vieira.
"De um lado o vereador Júnior Gomes fazendo a defesa do Governo do Estado, onde sequer toca no nome do prefeito Edson Vieira. Depois vem a vereadora Jéssyca fala das obras, da luta do 'batedor de panela', o ex-ministro Bruno Araújo. Ora, não toca no mome de Diogo Moraes. Eu acho que os campos já estão sendo divididos", disse Helinho.
Helinho encerrou o seu discurso falando sobre o destravamento das emendas do ex-deputado federal José Augusto Maia (PODE).

Augusto destaca destravamentos de emendas do ex-deputado José Augusto Maia

O vereador Augusto Maia (PODE) falou sobre alguns temas relacionados aos últimos acontecimentos dos grupos políticos, mas aproveitou principalmente para destacar o destravamento das emendas do ex-deputado e seu pai, José Augusto Maia.

Augusto declarou que as emendas hoje iriam servir ao governo local, mas que o reconhecimento deveria ser maior, segundo ele, pela suma importância da atuação do seu genitor para com o município.

Irmão Val entra em defesa do prefeito Edson Vieira 

O vereador Irmão Val (SD) fez um discurso voltado para a defesa do prefeito Edson Vieira, onde pontuou diversas situações e obras que teriam sido desenvolvidas apenas na atual gestão. Val dispensou comparativos e criticou membros da bancada contrária, evidenciando um descontentamento com alguns discursos feitos anteriormente aos seus.

Irmão Val também focou alguns tópicos de suas falas nas atuais ações do prefeito local, a exemplo da assinatura da ordem de construção de casas populares e revitalização de praças.
Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
Joab destaca possível criação de uma secretaria de habitação

O vereador Joab do Oscarzão (PSD) destacou em seu discurso principalmente ações desenvolvidas junto a causa habitacional. Neste âmbito, o mesmo frisou a recente assinatura de ordem de construção de 500 residências populares e disse que passado o período de preocupação com a troca do ministro das Cidades, a situação já está totalmente ordenada e essa troca de gestores não afetará o processo de construção dos imóveis.

Joab também falou sobre a criação de uma secretaria de habitação no município, o que facilitaria, por exemplo, a construção de novas residências populares. Joab afirmou que acredita que a referida pasta seja constituída já no próximo ano.

José Bezerra da Costa alerta para adequação de títulos eleitorais

O presidente da Casa Dr. José Vieira de Araújo falou, dentre outros temas, sobre a adequação dos títulos eleitorais que ainda estão irregulares perante os órgãos competentes. O vereador falou dos prazos e pontuou o tema com a importância da regularização do documento.

Ainda eu seu tempo, Zé Minhoca (PSDB) destacou a liberação da verba que permitirá a construção de 500 novas moradias populares no município. Sobre os rumores de que os valores para construção não fossem liberados, o vereador destacou:
"Eu ouvi comentários na internet, ainda ensaiaram com a possibilidade de que talvez o dinheiro não viesse. Eu fiquei preocupado. Não vou dizer que não fiquei, eu sou um cidadão, sou um homem. Mas graças a Deus o governo honrou o seu compromisso que tinha com Bruno Araújo."
Carlinhos da Cohab entra em defesa de ações de José Augusto Maia 

O vereador Carlinhos da Cohab (PTB) fez um discurso centrado na defesa do líder oposicionista em Santa Cruz do Capibaribe, o ex-deputado José Augusto Maia. O vereador criticou membros da bancada situacionista e afirmou que Edson Vieira hoje espera por uma derrota do deputado Diogo Moraes nas urnas.
"A briga é para saber quem foi o pior prefeito, se Toinho ou Edson Vieira. Ficam buscando os pais das obras. Mas eles estão esquecendo de falar, das obras de José Augusto. Porque o sonho de Edson Vieira, sonho este que não está muito longe de se realizar, é José Augusto Maia dar a maior 'pisa' em Diogo Moraes. E isso vai acontecer, logo logo", disse.
Além das ações na época de gestor elencadas pelo parlamentar, Carlinhos também evidenciou o recente destravamento de mendas do ex-deputado.
Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
Dr. Nanau faz análise do legislativo e pontua ações do governo

O vereador Dr. Nanau (PSBD) usou os seus minutos na tribuna também para defender e pontuar ações do governo Vieira. Em suas análises o vereador relembrou alguns pontos que foram debatidos durante a reunião e fez complementos exaltando o gestor público, ao qual também teceu elogios.

Nanau fez também, em tom irônico, algumas observações sobre membros da bancada oposicionista e afirmou que o seu grupo político segue com um padrão de unidade permanente, se referindo já ao processo eleitoral do próximo ano. O tucano também ressaltou atuação de Bruno Araújo em conjunto com o prefeito local.

Deomedes Brito faz cobranças no tocante a mobilidade urbana

O vereador Deomedes Brito (PT) iniciou o seu discurso falando sobre a rua Manoel Monteiro da Paixão, onde reclamou das atuais condições de tráfego da mesma, exigindo que a mesma seja alargada em boa parte de sua extensão.

Deomedes também falou sobre insegurança e neste quesito criticou a atuação municipal e também estadual, complementando com cobranças e a implantação de convênios para com esta área.

Para o vereador petista, o governo local também estaria sem contrapartida para abranger mais ações e obras para o município. Salários atrasados de funcionários públicos também foram pautados pelo político.

Toinho rebate discurso de Marlos 

O vereador Toinho do Pará levou para tribuna da câmara alguns temas já debatidos na sessão, porém fez claras declarações de insatisfação com o discurso do vereador Marlos da Cohab, que criticou a atuação do mesmo no período em que o mesmo foi prefeito.
"Os debates foram sobre asfalto e casas populares. Quero dizer aos vereadores, e especificamente ao vereador Marlos, que é preciso a gente ingressar na vida pública, mas sempre com o pezinho no chão. Sem deixar o poder subir para cabeça", disse.
Durante o trecho do discurso, Marlos pediu um aparte e destacou que seu discurso sobre a atuação do mesmo como prefeito era uma opinião própria dele.

Ernesto mira em Diogo e Edson, e nas consequências da relação entre ambos perante a bancada situacionista

Tratando também da relação entre o prefeito Edson Vieira e o deputado Diogo Moraes juntamente com Paulo Câmara, o vereador Ernesto fez um discurso com destaque na divisão de papéis contidos nas falas de alguns dos situacionistas, e exemplo Júnior Gomes e Jéssyca Cavalcanti.
"O discurso de Júnior Gomes foi um discurso enaltecendo o governador Paulo Câmara. Depois tivemos o discurso da vereadora Jéssyca enaltecendo o prefeito Edson Vieira. Algum cidadão que não morasse em Santa Cruz do Capibaribe, que não fosse de Pernambuco e estivesse assistindo aqui a sessão, depois que escutasse a reunião iria pensar que estava na cidade de Gramado no Rio Grande do Sul, tantas boas ações que os mesmos fizeram por aqui, mas a realidade bate na porta", disse o presidente do PT Municipal.
O vereador ainda falou sobre a violência no estado, mais precisamente sobre o atual estado de vulnerabilidade econômica e de segurança.

Confira os discursos completos:


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso