.

Terceiro dia do EMP voltado para a qualificação dos empreendedores do Polo de Confecções

Walter Campos - Foto: Assessoria de Comunicação
O terceiro dia do Estilo Moda Pernambuco – EMP 2017 foi voltado para a qualificação dos empreendedores e profissionais do Polo de Confecções de Pernambuco. Três destacados profissionais falaram para o público que lotou o Centro de Eventos do Moda Center Santa Cruz, onde o EMP está sendo realizado: Walter Campos, diretor de vendas da Cielo, o idealizador e diretor criativo do São Paulo Fashion Week, Paulo Borges, e o estilista e professor de moda do Senac Pernambuco, Luiz Clério.
Paulo Borges, Walter Campos e Luiz Clério falaram para uma plateia de empresários, vendedores e profissionais da área de criação - Foto: Assessoria de Comunicação
Campos abriu a noite falando sobre o tema “A moda é vender mais e encantar clientes”, mostrando como a tecnologia pode ajudar a tornar a experiência de compra voltada cada vez mais para o relacionamento com o cliente.
“Entregar o que o cliente precisa é surpreender”, ressaltou.
Foto: Assessoria de Comunicação
Com o tema “A moda está no Agreste ou o Agreste está na Moda?”, o professor Luiz Clério abordou a importância da moda enquanto conceito.
“Em tempos de crise, é comum as marcas focarem apenas no lado comercial. No entanto, é importante analisar como será daqui para frente, e entender que o processo de criação é fundamental”, comentou o professor do Senac-PE.
Foto: Assessoria de Comunicação
“Desenvolver produtos de moda é pensar e fazer diferente. É preciso mostrar que o conceitual é tão importante que o comercial mostrar santo de casa faz milagre sim”, complementou.
Para exemplificar, ele citou o Coletivo TABs, de designers de moda e marcas locais que vem fazendo um trabalho de experimentação e desconstrução da moda feita no polo de confecções de Pernambuco, construindo um novo olhar sobre o que é feito localmente.

O encerramento da noite ficou a cargo de Paulo Borges. Para falar sobre os impactos dos novos comportamentos que estão transformando a dinâmica da moda, do ponto de vista de criação e de negócios, no Brasil e no mundo, usou o como benchmarking o processo de construção de uma semana de moda e os 22 anos da São Paulo Fashion Week (SPFW).
Luís Clério - Foto: Assessoria de Comunicação
Ele aproveitou para falar para o público presente sobre a importância do EMP para o desenvolvimento da moda no Polo de Confecções Pernambuco.
“Achei o projeto fabuloso. Imagino o esforço que seja organizá-lo. As pessoas ficam muito numa zona de conforto. E para evoluir, principalmente na área de moda, você tem que estar o tempo todo se revendo, inovando, pensando. A gente fala o tempo todo que moda é informação, moda é cultura e moda é educação. Então esse projeto está trazendo educação para as pessoas, transformação. Quem participa, sai de uma outra forma, gerando uma transformação em cadeia”, declarou.
Paulo Borges - Foto: Assessoria de Comunicação
Borges comentou, ainda, que pequenos, médios e grandes produtores têm acesso, atualmente, à mesma informação e, por isso, às mesmas oportunidades, embora em contextos econômicos diferentes.
“O pequeno e o grande produtor de moda hoje contam com as mesmas ferramentas em mãos do ponto de vista da informação. O que cada um precisa ter está dentro de si, a curiosidade, o foco, a perseverança, a alma que está ligado àquilo que gosta de fazer. E aí, isso vem de dentro. Por fora todos têm as mesmas ferramentas. Hoje é importante ficar claro que todo mundo tem a mesma possibilidade, porque tem acesso às mesmas informações”, comentou.
CONTINUAÇÃO - O EMP 2017 continua nesta quinta-feira (5/10), a partir das 19h, com uma ampla discussão sobre os rumos da economia da região. Na programação, o painel ‘O futuro do Polo de Confecções’, com presenças confirmadas dos prefeitos das principais cidades do polo (Edson Vieira de Santa Cruz do Capibaribe, Raquel Lyra de Caruaru e Edilson Tavares de Toritama), além dos empresários Allan Carneiro (Moda Center), Arnaldo Xavier (Rota do Mar) e Bruno Bezerra (Governança Empreendedora).

A sexta-feira (6/10) será de aprendizado com três importantes palestras, iniciando com o professor do curso de Design da Universidade Federal do Ceará (UFC), Emilio Augusto, com o tema “Imagem vende! A importância do design na construção das marcas”. Em seguida, “Você, o mundo digital e seu negócio”, ministrada pelo diretor de inovação da Getnet Flávio Gonzales e o diretor executivo Rodrigo Serto. Para finalizar a noite de conhecimentos ligados à tecnologia e identidade visual, o Armazém da Criatividade/Porto Digital traz a palestra “Armazém da Criatividade: Empreendedorismo e Inovação”, ministrada pelo gerente de Operações Adalberto Rodrigues.

No sábado (7), encerramento do EMP 2017 e dia do aniversário de 11 anos do Moda Center, haverá shows com a banda Multifaces, Ágda Moura e Lucy Alves, a partir das 19h. A entrada é franca.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso