.

Na ausência de Armando Monteiro, Marília Arraes demarca território em Santa Cruz do Capibaribe

Vereadora do Recife, que em 2014 chegou a apoiar Armando na disputa para governador, é hoje a maior ameaça para o senador na 'Capital da Moda'.
Foto: Divulgação
Em 2014, Marília Arraes, hoje no PT, chegou a apoiar a candidatura do senador Armando Monteiro Neto (PTB). Na ocasião o político pernambucano ainda possuía considerável relação com Lula (PT) e Dilma Rousseff (PT), chegando a afirmar,durante comício em Santa Cruz do Capibaribe, que permaneceria ao lado da ex-presidente em qualquer que fossem as hipóteses.

Passados meses do impeachment, Armando Monteiro adotou novos discursos e virou as costas para o Partido dos Trabalhadores. Nesse contexto ocorreu o afastamento do político veterano e a prima de Eduardo Campos, Marília.

Marília caiu nas graças do ex-presidente Lula e passou a percorrer várias regiões de Pernambuco, tida como a principal possibilidade do partido para disputa do Governo de Pernambuco em 2018. A vereadora do Recife é hoje a escolha mais lógica do bombardeado Partidos dos Trabalhadores que sofreu duras baixas desde que Dilma caiu com os votos do Congresso.
Foto: Divulgação
Ativo na campanha de 2014 em Santa Cruz do Capibaribe, Armando foi peça fundamental na expressiva votação do candidato Fernando Aragão, do PTB. Na ocasião o senador esteve por diversas vezes no município e arrancou da boca de Fernando que o mesmo o apoiaria na disputa pelo Governo do Estado.

Hoje Armando é tido em Santa Cruz do Capibaribe como uma ausência, o que abriu considerável espaço para a aproximação de Marília Arraes. A jovem vereadora participou neste feriado, dia 12, de uma movimentação religiosa em Santa Cruz, onde por diversos momentos caminhou ao lado de Fernando Aragão, em conversa.

Marília cumpriu ainda agenda e esteve com os demais vereadores do grupo oposicionista. A conduta de interação entre as figuras citadas abriu novos precedentes para que posições os membros do grupo deverão tomar até outubro de 2018.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso