.

Em Recife, Paulo Câmara fica de joelhos e pede benção a pastor da Assembleia de Deus

"Tem sido um governador amigo nosso e da igreja", disse o presidente das assembleias de Deus em Pernambuco.
Foto: Felipe Ribeiro (JC Imagem)
Neste sábado (21) a Igreja Assembleia de Deus em Pernambuco completa 100 anos, ocasião em que comemorará com uma extensa programação que envolve até mesmo um grande culto no Arena Pernambuco – confira.

Diante das circunstâncias, é comum que políticos visitem a congregação e prestigiem todos os detalhes do evento centenário. Foi isso que fez, essa semana, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB).

Câmara estava acompanhado do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), onde na ocasião se ajoelhou para receber a benção do pastor presidente das assembleias de Deus em Pernambuco, Aílton José Alves.

Na oportunidade estavam ainda presentes durante a oração os deputados estaduais Adalto Santos (PSB) e Cleiton Collins (PP), além das vereadoras Irmã Aimée (PSB) e Michele Collins (PP), todos evangélicos.
“Tenho a certeza de que a igreja tem orado por nós e nos dado forças para que a gente possa continuar trabalhando por um Pernambuco melhor e mais justo”, afirmou Paulo. “No momento tão difícil que passa o nosso País é muito importante ter Jesus no coração. Ter a crença de que é possível avançar, combater os males. E a certeza de que nós temos homens e mulheres de bem que querem o bem do nosso Estado”, disse Câmara.
Em suas falas o pastor Aílton José falou ao governador e agradeceu pelo suporte que o mesmo daria ao ministério.
“Nós, como igreja, oramos sempre por ele. Quem governa em um tempo de crise está sempre exposto a muitas críticas e dificuldades. Mas nós temos orado pelo senhor. O senhor tem sido um governador amigo nosso e da igreja”, disse.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso