.

Segurança, PE-160 e atrito físico entre mulheres em via pública predomina discursos dos vereadores de Santa Cruz

Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
Na tarde da última quinta-feira (31) aconteceu a 5ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe. Diversos assuntos foram a discussão. Alguns vereadores trouxeram à tona assuntos como segurança, a situação da PE-160, violência e criminalidade.
Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
Jéssica Cavalcanti em seu discurso lamentou a briga entre duas adolescentes que após discutirem nas redes sociais marcaram um embate físico em movimentada avenida da cidade e assim o fizeram. Ele atribui que todos têm uma parcela de culpa em situações dessa natureza (violência), no intuito de que cada um se empenhe de alguma forma em mudar essa realidade, e não fique sempre jogando a culpa no outro.
“Uma cidade em que duas adolescentes marcam uma briga pelas redes sociais e ninguém, absolutamente ninguém, toma providências. [...] Nós estamos falhando todos, como professores, como lideranças, como pais. Nós estamos sendo vítimas de nossa falha", pontuou a vereadora.
Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
O vereador José Bezerra da Costa (Zé Minhoca) teceu críticas a situação da PE-160, do trecho que vai de Santa Cruz à Jataúba devido a inexistente sinalização e o matagal que compromete a visibilidade dos condutores que passam por ali e, ainda, já gerou centenas de acidentes. Afirmou que está agendada uma visita dos vereadores à Secretaria dos Transportes, para ações concretas nos trechos e será na próxima semana.

Criticou a não autoridade de Santa Cruz do Capibaribe no estado em relação a ter até uma pasta numa secretaria do governo e a contribuição significativa da cidade para Pernambuco
“Uma cidade tratada como terceira categoria. Uma cidade que não tem respaldo”, disse.
O presidente ainda se mostrou desacreditado com as diversas situações que acometem a família e ensinamentos de antigos bons costumes que dava uma maior garantia de respeito aos mais velhos e fazia com que sempre se respeitasse os professores, coisa que hoje ele ver cada vez mais difícil.

Outro ponto que ele levantou foi a briga de duas adolescentes que aconteceu no início dessa semana e havia sido marcada pelas redes sociais. Lamentou o fato de ter havido tantas pessoas torcendo ali como se fosse uma luta de boxe e disse estar chocado, também pelos populares que faziam plateia para a agressões físicas.
“Isso merece e vale uma reflexão muito profunda. Nós estamos chocados", finalizou.
Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
No uso da tribuna, o vereador Helinho Aragão levantou a questão de diversos locais com falta ou deficiente iluminação na cidade. Segundo o vereador, varias vias urbanas estão as escuras. Orientou os vereadores a checarem próximo a escolas e igreja e conversar com um estudante, a uma pessoa que vem da igreja sobre o medo que eles têm ao andar em vias mal iluminadas.

O vereador teceu diversas críticas ao Governado Paulo Câmara e disse que não sabia como o governador estava se articulando para ano que vem agindo dessa forma.
"O governo [do estado] está de brincadeira. Está de palhaçada. [...] Nada é feito, só esse tapa buracos. [...]É um governo que está omisso nas rodovias do estado de Pernambuco. É lamentável. [...] Esse governo pífio", disparou o petebista Helinho.
E ainda trouxe a situação do descaso de projetos gigantes que beneficiariam o município de Santa Cruz do Capibaribe e região no quesito de abastecimento de água.
"Cadê essa Adutora do Pirangi? Nada, nada, nada. Adutora do Capibaribe? Nada, nada", criticou o parlamentar finalizando o seu discurso.
Veja a reunião completa:


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso