.

"Isso é a Casa do Povo"?, questiona empresário após ser impedido de usar tribuna de câmara, em Santa Cruz do Capibaribe

Em ofício presidente explica o período excedido para solicitação do referido pedido
Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
Existe uma formalidade onde, caso julgue necessário, o cidadão de qualquer município pode solicitar, por meio de documento, o uso da tribuna de uma câmara de vereadores por um tempo específico. Apesar de não ser tão comum, o direito é assegurado à todos.

Recentemente um caso envolvendo um auxílio-alimentação ganhou destaque em Santa Cruz do Capibaribe, onde o benefício foi aprovado aprovado pelos vereadores em cunho próprio. O auxílio foi orçado em R$ 1.200,00 e dividiu opiniões na cidade.

Um dos cidadãos contrários ao benefício-parlamentar foi o empresário Valmir Ribeiro, que se engajou em uma protesto e mais recentemente alegou ter sido impedido de fazer uso da tribuna após solicitação formal.
"A fala só é permitida quando lhes convém. Ou para concordar, bajular ou apoiar. Isso é a Casa do povo?", questionou o empresário em uma rede social.
Confira a resposta recebida pelo empresário após solicitação; 
Foto: Reprodução
Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso