.

Diário News – "Santa Cruz precisa falar sobre política, não sobre os políticos", sustenta Rimário Clismério

Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
Na manhã desta quinta-feira (03) o programa Diário News (Rádio Santa Cruz FM 98,5) recebeu o professor e historiador Rimário Clismério. Na entrevista o educador falou sobre temas principalmente relacionados ao atual contexto de instabilidade política vivenciada pelos brasileiros.

Rimário também fez colocações firmes sobre a classe política da região, excepcionalmente sobre os vereadores de Santa Cruz do Capibaribe que em seis meses de novos mandatos já se envolveram em uma série de polêmicas e que estão gerando o descontentamento da população. Neste sentido, Rimário frisou que a população não deve aceitar os debates impostos pela classe política, mas debater situações e soluções para a sociedade.
"Boa parte do povo de Santa Cruz do Capibaribe não fala sobre política, mas falam dos políticos. O povo se reúne para falar sobre os políticos. Santa Cruz hoje precisa falar sobre política", disse.
Para Rimário, a população deve fixar na memória quem são as figuras políticas que estão envolvidas com desmandos, para que em eventuais novas eleições haja uma resposta nas urnas. O professor ainda destacou que é necessário conhecer siglas, partidos e políticos, para que assim identifique-se quem está agindo conforme posicionamento ideológico ou apenas por conveniência partidária e interesses pessoais.

Rimário também falou sobre as expectativas para as próximas eleições presidenciais, e avaliou inclusive o crescimento de possíveis candidatos como Jair Bolsonaro. Segundo ele, é necessário que a população tenha cautela ao buscar e abraçar políticos que fazem discursos 'encaixáveis', ao mesmo tempo em que são postos como 'salvadores da Pátria' ou condições semelhantes.

Confira a entrevista completa:


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso