.

Tucanos encenam, mas resistem em sair do 'ninho'


Desde que surgiram as primeiras denúncias envolvendo o Presidente Michel Temer (PMDB), que vários integrantes do PSDB, maior partido de sustentação do atual governo, ameaçam abandonar o ninho, o melhor, as tetas da tão sofrida “mãe gentil”. 

Os tucanos que passaram 13 anos na oposição, não querem sair do confortável “ninho de cobras”. Mas com relação a essa decisão, o tucanos não se bicam. Os que tem pouca influência no Palácio do Planalto, entre eles Geraldo Alckmin, governador e São Paulo e João Dória, prefeito da cidade de São Paulo defendem a saída do PSDB da base do governo Temer. Já os que tem cargos e influência no governo, como o Senador Aluísio Nunes, que ocupa o Ministério de Relações Exteriores e o Senador Aécio Neves, que contou com o apoio de Temer para se manter no Senado, defendem a permanência. 

Enquanto não largam o “osso”, os tucanos continuam trabalhando em suas pastas para tirar proveitos para as eleições de 2018. O ministro tucano por Pernambuco, Bruno Araújo, corre para tirar proveitos de sua pasta, entregando moradias que foram iniciadas no governo do PT.

Na última sexta-feira (07), Bruno entregou o Residencial Alto do Moura, em Caruaru. O conjunto possui 1.488 moradias e custaram R$ 93 milhões dos cofres do governo federal e dispõe de creche, parque infantil, escola, duas praças, posto de saúde e segurança. Os apartamentos possuem dois quartos, sala, cozinha e banheiro. O evento contou com a presença da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra e de Santa Cruz do Capibaribe, que são do PSDB e aliados de Bruno.

Por Marciel Aquino

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso