.

Sinpol identifica problemas em delegacias do Agreste

Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)
Nos últimos dias o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco realizou visitas às delegacias do Interior do Estado. O objetivo do Sinpol foi fazer um dossiê para ser apresentado no Ministério Público de Pernambuco (MPPE), dando conta da situação dos prédios públicos.

Em Vertentes, no Agreste, só existem quatro agentes. Segundo o sindicato, a delegacia atua sem escrivão e delegado. De acordo com a denúncia, só estão disponíveis dois coletes à prova de balas e as paredes estão cheias de mofo. A delegacia conta apenas com uma viatura e não tem alojamento feminino; o masculino não oferece boas condições aos policiais.

Na Delegacia de Taquaritinga do Norte, há apenas dois agentes e o delegado. Segundo o Sinpol, o mofo está danificando os processos que estão arquivados. Ainda de acordo com o sindicato, nas duas delegacias não existe serviço de limpeza; são os próprios policiais que limpam o espaço. Além disto, o material apreendido é colocado dentro da delegacia, já que não há depósito no local.

Em Toritama a entidade também identificou problemas, principalmente na parte estrutural do prédio. Informações do município dão conta que a delegacia pode ser transferida de sede nos próximos meses. No município de Santa Cruz do Capibaribe o órgão também identificou problemas relacionados ao quadro de pessoal e material de escritório, dentre outros.

Saiba mais na reportagem:


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso