.

Secretaria de Educação de Santa Cruz do Capibaribe realiza entrega de certificado do Seduc Libras

Foto Assessoria de Comunicação
A prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, por meio da Secretaria de Educação, realizou na noite da última terça-feira (04), a terceira solenidade de conclusão do Seduc Libras. A formação do curso de língua de sinais (libras) é direcionada para atendentes ao público do município.

O projeto Seduc Libras foi criando em 2015 e tem como tema: “Mãos que aproximam e ampliam as redes de comunicação”. É uma realização do DEEI (Departamento de Educação Especial e Inclusiva) e oferecido ao público gratuitamente. Nesta formatura 63 concluintes, 44 do Curso Básico II e 19 alunos do Intermediário de Libras.

Claudenice Dias, Secretária Executiva de Educação falou da evolução da educação inclusiva do município.
“Através do departamento de Educação Inclusiva estamos fazendo um trabalho diferenciado, atuamos com assistência, atendimentos em salas de recursos, intérpretes de libras em sala de aulas e equipe de cuidadores que prestam serviços a alunos com deficiências. A educação inclusiva em Santa Cruz do Capibaribe tem sido destaque, e na região é referência”, disse a secretária.
Foto Assessoria de Comunicação
“O Seduc Libras é um curso voltado para pessoas que trabalham com o público e Santa Cruz do Capibaribe é pioneira nesta linha, atende ao disposto da lei que trata sobre o dever dos municípios em propagar a libras, segunda língua oficial brasileira. Desde 2015 estamos levando este projeto para entidades, órgãos e repartições públicas, tudo para fazer com que o cidadão surdo seja atendo e compreendido”, frisou Clecia Lira, Gestora da Educação Especial e Inclusiva.
Os Cursos Básico II e Intermediário de Libras possuem 40 horas aulas, são 20 encontros semanais em cinco meses. As aulas são a noite e realizadas nas Escolas Estaduais, José Francelino Aragão e Erem Luiz Alves da Silva.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso