.

Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe realiza prestação de contas do São João da Moda 2017

Investimentos ultrapassaram os 2 milhões de reais e houve uma arrecadação de apenas R$ 555 mil
Foto: Eliton Araujo (Agreg Imagem)
Na manhã desta terça-feira (11) a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe realizou a prestação de contas do São João da Moda 2017. A solenidade aconteceu no Centro de Esportes Unificado (Praça do CEU), que fica localizada entre os Loteamentos Santa Filomena e Nova Morada.

Estiveram presentes figuras políticas local como vereadores e secretários municipais, além de diversos meios de comunicação que estiveram realizando a cobertura. De início foi servido um café da manhã aos presentes.

Apresentação
Foto: Eliton Araujo (Agreg Imagem)
Ao dar início a prestação de contas, o diretor de eventos do São João Cláudio Soares levou ao público alguns esclarecimentos, como as participações dos cantores MC Tocha e MC Troinha durante o show da Cantora Márcia Fellipe. O diretor fez questão de frisar que as participações foram a convites da artista, não sendo necessário nenhum investimento por parte da Prefeitura.
“Nós colocamos no São João aquilo que é a moda, é necessário que todos saibam que a moda falada não é a roupa, a confecção, e sim o modismo dos artistas. No caso do cantor MC Troinha ter vindo para cá foi um acréscimo fenomenal de curtidas, quis o destino que alguém de Caruaru proibisse e ele veio para cá, de repente toda a mídia regional esteve no município com esse acréscimo, o que nos divulgou mais ainda”, disse Cláudio Soares.
O desabafo do prefeito

O prefeito do município, Edson Vieira (PSDB) esteve fazendo uso da palavra e comentou sobre a movimentação econômica que o município recebeu, devido à grande quantidade de turistas que comparecem ao evento, gerando uma grande ocupação nas redes hoteleiras da cidade. O que chamou atenção foi o desabafo do gestor que citou a ausência, pelo segundo ano seguido, em que o Governo do Estado não destina recursos voltados ao evento do município.
“O Governo do Estado infelizmente não entrou com nenhum patrocínio para o São João. Eu quero aqui registrar isso, e quero deixar aqui bem claro; Se tivéssemos recebido estaríamos dizendo aqui. Está (a imagem do Governo) em todas as marcas publicitárias nossas. Nem por isso deixei de colocar. Mas, infelizmente, não veio um real para o São João de Santa Cruz", disse o prefeito.
Segurança
Foto: Eliton Araujo (Agreg Imagem)
O Tenente-coronel Sena, que coordenou a equipe de segurança do evento esteve levando ao conhecimento da população as ocorrências que foram registradas durante os dias de festas. Para ilustrar sua fala, o tenente trouxe dados em que foram confirmadas apenas três ocorrências dentro ou no entorno da festa.
“Tivemos do dia 21 ao dia 30, apenas o registro de três ocorrências, onde dois era por tráficos de entorpecentes e outro era um foragido do sistema carcerário que estava em atitude suspeita e nós fizemos a abordagem. Nos dez dias de festas apenas essas ocorrências foram registradas”, destacou o Secretário de Defesa Social do município.
Sobre os investimentos destinados as diárias de toda a equipe de segurança, o tenente afirmou que todos os envolvidos receberam um tratamento diferenciado, bem como o cumprimento das diárias suficientes para toda a equipe.
“Foram lançados durante os dias 21 ao dia 30, todas as diárias que foram destinadas a equipe de policiamento, sendo os mesmos guardas civis municipais, Polícia Militar e equipe de segurança particular e Bombeiros Civis. Foram dadas 130 refeições por dia as equipes, e destaco que era uma refeição digna, de comida que todos comiam o tanto que quisessem e ainda sobrava”, frisou.
O tenente ainda comentou que foram utilizadas 5 viaturas para a segurança nas redondezas do evento, sendo três motocicletas e dois carros (S-10 e Gol). Além disso, 20 câmeras de monitoramento foram instaladas nas imediações, câmeras essas responsáveis pela prisão das três pessoas citadas acima.

Por fim o secretário ainda destacou que não houve relatos de furtos de automóveis (Carros e Motos) que estivessem na área do evento.

Publicidade do evento
Foto: Eliton Araujo (Agreg Imagem)
O Secretário de Comunicação, Geraldo Moura também utilizou o microfone e apresentou os resultados da veiculação de publicidades e matérias que foram destacados em mídias do estado e até a nível nacional. Com relação a transmissão ao vivo que foram feitas pelos canais oficiais do evento, foi identificado que mais de meio milhão de pessoas acompanharam os shows pela rede social. Além das mais de 10 pautas positivas que foram destaques em sites de grandes repercussões, como TV Jornal, UOL, G1 e Blogs da região.
“Nós sabemos que fizemos o melhor, se houve algumas falhas, que é normal, nos desculpamos e iremos trabalhar para que os próximos possam haver um empenho sobre alguns problemas. O nosso São João não é apenas a questão cultural, a gente alavanca também o nome da cidade enquanto é mostrado a moda dessa cidade, não é à toa que o nome do mesmo é ‘São João da Moda’ e as pautas apresentadas por todos os companheiros de imprensa ajudam a divulgar ainda mais”, disse.
Valores em atrações
Foto: Eliton Araujo (Agreg Imagem)
Com relação aos valores que foram gastos com atrações a Prefeitura detalhou que durante os 9 dias de festas, envolvendo festas de bairros, os palcos Arraial Povão e o Polo Multicultural e o Palco da Moda, as atrações custaram aos cofres públicos R$ 1. 385.000,00 (Um Milhão, Trezentos e Oitenta e Cinco Mil reais).

Nesse quesito, não foi detalhado o preço individual das atrações, porém o Diário Oficial da União trouxe os dados detalhados que foram apresentados pelo Blog do Bruno Muniz recentemente. Ao total, houveram 215 apresentações artísticas em todos os polos do evento e 47 regionais e nacionais, totalizando: 262 atrações.

Estrutura Metálica, Sonora, Elétrica, Decoração e Pessoal
Foto: Eliton Araujo (Agreg Imagem)
As estruturas metálicas foram investidas nos três polos, além de toda a organização das quadrilhas de ruas e detalhes da festa. As áreas Multicultural, Arraial Povão, Camarotes, Festas de Bairros, Festival de Quadrilhas Biu e Gogó, Palco da Moda, Pórticos e Testeiras, São João nas escolas e Vila Cenográfica, totalizaram R$ 380.420,00 (Trezentos e Oitenta Mil, Quatrocentos e vinte reais).
Já com a estrutura sonora, elétrica, decoração e pessoal chegaram à casa de R$ 585.160,32 (Quinhentos e Oitenta e Cinco Mil, Cento e Sessenta Reais e Trinta e Dois Centavos).
Receitas de patrocínios
Foto: Eliton Araujo (Agreg Imagem)
Foram apresentados também os valores arrecadados com relação a patrocinadores do evento.

Dos patrocínios apresentados, foram percebidos a presença da Caixa Econômica Federal, Ministério da Cultura, Rota do Mar, MedSênior, Luzarte Tintas e Moda Center. Esses citados, foram os patrocínios apresentados pela prestação de contas, totalizando em R$ 307.500,00 (Trezentos e Sete Mil e Quinhentos reais) investidos no evento.

Caixa Econômica Federal– R$ 50.000,00
Ministério da Cultura – R$ 202.500,00
Rota do Mar – R$ 20.000,00
MedSenior – R$ 10.000,00
Luzarte Tintas – R$ 15.000,00
Moda Center – R$ 10.000,00

Comercialização
Foto: Eliton Araujo (Agreg Imagem)
Nesse quesito, entrou o alvo de muitas polêmicas que foram os camarotes privados existentes na festa. Ainda foi computado nesse mesmo cenário, o camarote família e as barracas, restaurantes e similares, que totalizou um valor de R$ 216.298,30 (Duzentos e Dezesseis Mil, Duzentos e Noventa e Oito reais e Trinta Centavos).

Camarotes Privados – R$ 95.000,00
Bares, Restaurantes e Similares – R$ 45.298,30
Camarote Família – R$ 76.000,00

Tributos e Taxas
Foto: Eliton Araujo (Agreg Imagem)
Foi mostrado também valores destinados a tributos e taxas para a realização do evento, que foram totalizadas em R$ 31.169,60 (Trinta e Um Mil, Cento e Sessenta e Nove reais e Sessenta Centavos).

Imposto de Renda – R$ 6.405,00
ISS – R$ 24.307,00
Taxa de Serviço – 457,60

Por fim, o preito agradeceu a participação de toda população e imprensa, que realizou o trabalho de divulgação do evento. O gestor destacou que já no mês de setembro iniciará a nova etapa para a preparação do São João 2018, sendo que alguns possíveis patrocinadores devem receber o projeto de maneira antecipada.
Custos Totais do evento

Os custos totais de arrecadação do evento (Com a venda de camarotes, Espaços e Patrocínios) foram totalizados em R$ 554. 967,90 (Quinhentos e Cinquenta e Quatro Mil, Novecentos e Sessenta e Sete Reais e Noventa Centavos). Já com relação as despesas feitas pela Prefeitura Municipal, o gasto foi de R$ 2.350.580,32 (Dois Milhões, Trezentos e Cinquenta Mil, Quinhentos e Oitenta Reais e Trinta e Dois Centavos).


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso