.

Jovem que divulgava a realização de blitzes é notificado pela PRF, no Agreste

Na mesma semana um outro homem teve o aparelho celular apreendido por cometer o mesmo tipo de ato; Infração pode resultar em até 8 anos de reclusão
Foto: Agreg Imagem
Na manhã desta quarta-feira (19) a Polícia Rodoviária Federal (PRF) notificou um departamento público da cidade de Garanhuns, no Agreste, sobre um estagiário do setor que estaria fornecendo informações sobre a realização de blitzes do Detran na cidade.

Segundo informações PRF, o suspeito utilizava uma das sacadas do prédio público para registrar a fiscalização do do órgão de trânsito e repassava informações através de um aplicativo de troca de mensagens. O grupo do qual ele participava tinha como intuito de trocar informações sobre pontos de fiscalizações de trânsito, para que os membros desviem das abordagens.

Ainda de acordo com a PRF, os integrantes podem ser enquadrados no Art. 265 do Código Penal, que trata de atentar contra a segurança ou o funcionamento de serviços públicos, além de serem associados ao crime de Formação de Quadrilha, prevista no artigo 288 da lei. Caso sejam condenados, as penas podem chegar a 8 anos de reclusão.

Na mesma semana um homem residente na cidade de Paranatama teve o seu aparelho celular apreendido após ser apontado como o suspeito de relatar blitzes na cidade. O aparelho foi recolhido para perícia.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso