.

Visão Econômica: Perspectivas de melhora


A perspectiva é de melhora para o resto do ano, claro que ainda muito tímida sinalizando a saída da recessão. O ambiente político parece não ter perspectivas de melhora e a economia parece deixar um pouco de lado todas essas dificuldades, tentando se desvirtuar de todo esse cenário.

Os juros básicos vem baixando devido à baixa expectativa de inflação, mas um pilar estratégico para a retomada do crescimento, e essa baixa continuada é o principal fator. Juros baixos são uma tendência do capital sair de investimentos financeiros e se deslocar para o produtivo.

As exportações é o que está sustentando o País, o setor do agronegócio vem batendo recordes e amenizando a crise interna. O dólar alto beneficiando muito as exportações não deixa de ser um sinal ruim, necessita-se de um dólar a um nível mais baixo para possibilitar a importação de bens essências e escassos na nossa economia.

Como em toda crise, onde ocorre ajustes de preços que estejam inflacionados, há sinais de mudança no ciclo, devemos começar a investir, a se mexer, já estivemos tempo demais parados, esse é o pensamento do mercado. Porém, tudo ainda exige cautela. É preciso ir mais além, incentivar o produtor com um custo menor, de credito principalmente.

Por Rômulo Renan


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso