.

Pernambuco entrega 53 novas viaturas para a Polícia Civil, Militar e Cientifica

Foto: Assessoria de Comunicação do Governo do Estado de Pernambuco
Na tarde desta quinta-feira (15) o Governo do Estado de Pernambuco realizou a entrega de 53 novas viaturas para as Polícias Militar, Científica e Polícia Civil. A ação, segundo o governador Paulo Câmara (PSB), faz parte do reforço da frota, que busca ampliar o número de viaturas para as forças de segurança e integra o Plano de Segurança de Pernambuco lançado em abril, que prevê o pesado investimento de R$ 300 milhões nesta área.

Desse número, 36 caminhonetes serão destinadas ao policiamento ordinário da PM no Agreste e no Sertã do Estado. Outras 16 atuarão nas gerências de Polícia Científica do Recife e do Interior e uma reforçará a Polícia Civil. Os veículos, do modelo Hilux 4x2, estarão nas ruas a partir desta sexta-feira (16).

A renovação da frota, que acontece a cada dois anos faz parte do plano em que novas viaturas são disponibilizadas e as antigas passam a ser recolhidas. Ao todo, ainda em 2017, serão destinados mais de R$ 80 milhões para a renovação de 320 novas caminhonetes e outros 487 novos veículos do tipo Hatch e utilitários para todas as regiões do Estado. Outras 700 motocicletas serão providenciadas e mais 3,5 mil kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

O Batalhão de Choque receberá 12 novos veículos, sendo esses: três micro-ônibus, quatro vans com 16 lugares e quatro caminhonetes 4x4, além de um ônibus com 40 lugares. Vale ressaltar que além desses investimentos, recentemente o governador anunciou a criação do BOPE (Batalhão de Operações de Polícias Especiais), que será composto com 30 profissionais especializados na segurança.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso