.

Jovens são detidos após serem confundidos com assaltantes em Santa Cruz do Capibaribe

Dupla estava portando armas de airsoft quando foram apontados pela população
Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)
Na noite do último domingo (04) um verdadeiro tumulto se gerou após dois jovens serem detidos portando armas de airsoft no município de Santa Cruz do Capibaribe. Ruanderson Neves da Silva (de 22 anos) e Mateus Lucena de Souza (de 23 anos) estavam em um telhado na Rua Arthur Correira de Araújo (popular Rua 4), no bairro São Cristóvão.

Segundo informações, testemunhas teriam se deslocado até a Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Capibaribe após avistarem os jovens com armas no referido bairro. Algumas pessoas alegaram que a dupla estava tentado assaltar o imóvel. De pronto o Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI) foi ao local e efetuou as prisões.
Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)
De acordo com os policiais, as armas pegas em posse dos jovens seriam para prática de airsoft (atividade esportiva de tiro). Para o efetivo, os jovens erraram ao portarem os objetos durante a noite e em um telhado, o que causou temor nos vizinhos.
"Foi um grande mal entendido do pessoal da igreja – amanhã mesmo eu vou passar lá e vou me desculpar com eles – meu amigo ligou pra mim e pediu para eu ir olhar a arma dele que ele tinha mandado ajeitar. Chegando lá subimos para laje, porque a mãe dele também não gosta. De repente eu ouvi um grito 'tem bandido armado dentro da igreja', em seguida eu já vi polícia e muita gente", – explicou Mateus, um dos envolvidos.
Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)
Segundo vizinhos, um disparo chegou a ser efetuado no local, porém teria sido através da polícia no momento da busca pelos suspeitos. Na delegacia foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra os jovens.
Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)
Revolta popular

Um dos detalhes sobre o caso que chama atenção é a revolta por parte dos moradores ainda no momento em que acreditava-se que a dupla era de assaltantes. Moradores inclusive pediam, aos gritos, que os policiais entregassem os jovens ao linchamento.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso