.

Diogo Moraes é eleito secretário-geral da União Nacional de Legisladores e Legislativos Estaduais

Foto: Assessoria
O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) foi eleito secretário-geral da instituição, na chapa única do presidente eleito, Luciano Nunes (PSDB), do Piauí. O deputado Ciro Simoni (PDT), do Rio Grande do Sul, assume a tesouraria-geral. A eleição aconteceu durante a 21ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais, em Foz do Iguaçu.

Para Diogo Moraes, existe um misto de satisfação e consciência da grande responsabilidade em ser escolhido para o segundo maior cargo da entidade.
"Estar integrado a Unale, como representante do povo pernambucano, demonstra que nosso Estado está inserido no fórum de debates acerca das reformas necessárias para o nosso País. Esse tema, inclusive, foi o centro da 21ª Conferência da Unale. Diante disso, vemos que Pernambuco pode ser protagonista nessas discussões, reforçando ainda a importância que essa vivência tem para a nossa Casa, a Assembleia Legislativa de Pernambuco", avalia o parlamentar.
Integrante da União desde 2011, o parlamentar, que ocupou os cargos de vice-presidente em 2015 e tesoureiro da UNALE em 2016, salienta ainda a importância da entidade que já possui 21 anos de existência.
"A Unale é uma instituição séria e sólida, sendo responsável pelo fortalecimento de Assembleias, que, unidas, discutem de fato o futuro do país, que neste momento, é uma incógnita até para os maiores especialistas em ciência política", pontua Moraes.
A Conferência
De acordo com a organização da Conferência, cerca de 1, 5 mil pessoas participaram do evento, entre deputados, assessores legislativos, entidades nacionais e internacionais, com representantes de diversos países. A programação contou com vários painéis e nomes de peso. Realizado no dia 08, o painel intitulado "A Crise Econômica nos Estados" teve como palestrantes os governadores Beto Richa (PR), Geraldo Alckmin (SP), Marconi Perillo (GO), Wellington Dias (PI) e Raimundo Colombo (SC). O mediador deste debate foi o jornalista Heraldo Pereira.

Um segundo painel apresentou "O panorama econômico e as reformas" e contou com os palestrantes Maílson da Nóbrega, consultor econômico, Edson Vismoma, presidente do FNCP e ETCO e o cientista político Paulo Kramer. O presidente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDS), Odacir Klein, palestrou sobre "Desenvolvimento Regional" e o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, abordou em sua palestra "A Saúde Pública no Brasil". 
Foto: Assessoria
O painel de encerramento "Reforma Política", realizado hoje (09), reuniu os palestrantes Marcelo Castro, deputado federal, Luiz Taro Oyama, vice-presidente e corregedor do TRE-PR, Moisés Pessuti, Presidente do Instituto Paranaense de Direito Eleitoral e Georgia Nunes, Coordenadora da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso