.

Vigilância Sanitária de Santa Cruz do Capibaribe interdita estabelecimentos na Praça de Alimentação

Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)
Na noite de quarta-feira (17) a Vigilância Sanitária de Santa Cruz do Capibaribe interditou estabelecimentos na Praça de Alimentação do município. As ações ocorreram durante uma operação feita pelos fiscais do órgão. Dentre as irregularidades foram constatadas a falta de água para higienização de utensílios e lavagem de alimentos.

No total, pelo menos quatro lanchonetes foram temporariamente fechadas até a normalização dos problemas. Com o fechamento dos estabelecimentos alguns comerciantes reclamaram afirmando que os problemas no local teriam sido iniciados após o rateio feito pela prefeitura.

O principal impasse se resume ao atrito entre comerciantes que vendem lanches e comerciantes que vendem café da manhã e almoço. Neste sentido, alguns ressaltam que a quantidade de água utilizada pelos dois grupos é desproporcional, neste caso injusta para alguns.
Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)
A cisterna do local tem capacidade para 5 mil litros e abastece 32 quiosques. Com isso, os comerciantes que estão se sentindo injustiçados com a utilização da água não aceitam a forma de rateio. Com a implantação do sistema a quantidade de água utilizada foi de 03 (três) caminhões pipa por mês a 15 mil litros por semana.

A Vigilância Sanitária está no aguardo de providências por parte dos comerciantes para que a situação no local seja restabelecida a sua normalidade.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso