.

Termina a greve dos Correios em Pernambuco

Imagem meramente ilustrativa
Na tarde desta segunda-feira (08) a greve dos Correios acabou, pelo menos para o estado de Pernambuco. De acordo com informações, os servidores da Empresa de Correios e Telégrafos decidiu retomar as atividades a partir das 6h desta terça-feira (09). A decisão foi tomada em assembleia que aconteceu na Sede do Sindicato dos Trabalhadores da ECT (SINTECT-PE) que contou com a maioria dos votos pelo fim da greve.

A paralisação dos serviços teria ocorrido em 26 de abril, em todo o país, só que o movimento perdeu força depois da articulação sindical da FENTECT (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares) e a FINDECT (Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos) orientaram a aceitação da proposta da empresa, com o fim da greve. As propostas foram apresentadas pela ECT no último dia 4 de maio e teve quatro dos cinco pontos rejeitados (orientações seguem em anexo).
“Nada justifica que as direções sindicais enfraqueçam o movimento”, disse à assembleia o secretário geral do SINTECT-PE, Rinaldo Nascimento, ressaltando que os fins da mobilização em sindicatos fortes da categoria, como os de São Paulo e do Rio de Janeiro, abateram a greve.
“Unidade a gente tem que fazer com quem quer construir. Voltamos sem nada para o trabalhador por inércia de parte da FENTECT, do Bloco Atuação Sindical. A paz já foi, o movimento agora é de guerra”, ressaltou o diretor do SINTECT-PE, Hálisson Tenório, reforçando que na data-base, em agosto próximo, a categoria deverá se mobilizar com ainda mais força para a campanha salarial.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso