.

Sem uso da tribuna, vereadores de Santa Cruz do Capibaribe se reúnem em mais uma sessão extraordinária

Cobranças entre aliados foi destaque em mais um encontro semanal dos edis
Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
Na manhã desta terça-feira (23) os vereadores de Santa Cruz do Capibaribe se reuniram para mais uma sessão plenária, a 11ª pelo primeiro período de 2017. Na ocasião, estiveram presentes edis de ambas as bancadas, sendo registradas ausências mínimas.

Na pauta, os vereadores discutiram projetos e também requerimentos que subiram ao plenário. Nesta ocasião a tribuna não foi utilizada, entretanto, isso não diminuiu o tom das discussões entre os parlamentares de ambas as bancadas.

Como ponto alto das discussões os vereadores do grupo oposicionista voltaram a criticar e fazer cobranças ao Governo do Estado, exigindo mais providências principalmente em relação a cobrança de impostos e insegurança.
Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
De PSB para PSB

O vereador Júnior Gomes, do PSB, fez cobranças ao deputado Diogo Moraes, também do PSB, solicitando a implantação da unidade do Expresso Cidadão da Moda, projeto defendido pelo deputado estadual e que foi inicialmente abraçado pelo governador Paulo Câmara (PSB).

De PSDB para PSDB

Em uso da palavra, o vereador Dr. Nanau (PSDB) fez cobranças ao prefeito Edson Vieira, também do PSDB, onde na ocasião apresentou demandas que exigem a mais uma operação tapa-buracos na rodovia PE-160, mais precisamente no perímetro urbano de Santa Cruz do Capibaribe.

Os vereadores da Oposição também apresentaram cobranças e pediram mais celeridade para com algumas necessidades da população local. Dentre os temas cobrados o vereador Marlos da Cohab (PTN) requisitou mais detalhes sobre o resultado da última operação 'Força no Foco' realizada na cidade.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso