.

Após discursos em tribuna, Ernesto Maia e Jéssyca Cavalcanti trocam farpas em rede social

Fotos: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
Na tarde desta quinta-feira (25) a Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe vivenciou mais uma sessão repleta de embates, denúncias e acusações entre os parlamentares de ambas as bancadas.

Em uso da tribuna o vereador Ernesto Maia (PT) acusou a prefeitura de não cumprir com a palavra e de locar o imóvel onde funcionou o antigo Hospital Materno Infantil, mesmo após ter sustentado que não mais o faria.

Em suas observações o petista afirmou que o valor do aluguel foi publicado no Diário Oficial com dispensa de licitação. Situacionistas rebateram as acusações e argumentaram durante a reunião.

Após o encontro em plenário os vereador Ernesto Maia e Jéssyca Cavalcanti (PTC) voltaram a trocar farpas nas redes sociais. Em uma publicação no grupo do programa Diário News, no WhatsApp, a vereadora acusou Ernesto de tentar desviar o foco de suas atividades ineficientes.
"Vereador Ernesto Maia, como sempre tenta desviar o foco da ineficiência do seu trabalho enquanto parlamentar. Mente pois dá a entender nessa postagem que a prefeitura novamente aluga o hospital. Na realidade o espaço locado é o da Policlínica que será pago R$ 6 mil mensais por esse espaço que é localizado atrás e que em nenhum momento foi desocupado", escreveu Jéssyca.
Rebatendo a fala da situacionista o vereador Ernesto ironizou a situação e voltou a criticar o órgão administrativo.
"Vereadora, no meu tempo de escola, 90.000,00 dividido por 12 era 7.500,00, mas como pode ser erro de digitação, tudo bem. Outra vereadora, enquanto a mesma prefeitura paga R$ 6.000,00 em uma escola com 22 salas disponíveis, resolve pagar R$ 7.500,0 por um espaço que mesmo a senhora diz que fica por trás do hospital", pontuou.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso