.

"Só Deus sabe o que nós passamos", diz estudante sobre assalto em escola de Santa Cruz do Capibaribe

Imagem meramente ilustrativa
Nesta segunda-feira (24) uma aluna da Escola Maria Lúcia, situada em Santa Cruz do Capibaribe, utilizou as redes sociais para publicar uma carta aberta comentando a ação criminosa que foi realizada por um ladrão no interior da referida instituição de ensino no dia de hoje.

Em sua narrativa a jovem não será identificada pelo Blog do Bruno Muniz descreve os momentos de terror vivenciados em uma sala de aula da unidade educacional. Segundo a mesma, o criminoso apontou a arma para diversos alunos que devido ao nervosismo passaram mal e necessitaram de socorro médico – relembre.

Confira o texto:
"Deixo aqui minha indignação em nome de todos que fazemos a EPMLA, a falta de segurança da nossa cidade extrapolou todos os limites possíveis e impossíveis de violência. Momentos de terror vividos por nós alunos, só Deus sabe o que nós passamos, vinte minutos de angústia e sofrimento trancados naquela escola sabendo que estávamos correndo riscos, não só de perdemos bem materiais, mas e o trauma das pessoas que tiveram uma arma apontadas em seu rosto?

Ah é, lembrei, ninguém se importa. Uma vez que até mesmo as autoridades da cidade não davam a mínima para o que estava acontecendo, onde os mesmos chegaram 40min depois, quando já não havia mais tanta necessidade. Sem contar o serviço de saúde da nossa cidade (SAMU mais especificamente) que simplesmente ignorou nossos pedidos, se não fossem os professores que se deslocaram até a UPA da cidade aqueles alunos ainda estariam esperando por atendimento móvel.

Nós que passamos, apenas nós, alunos, cidadãos que são todos os dias vítimas, sabemos o quão terrível é. Deixo também minha pergunta: E o Senhor prefeito? Está seguro em Miami né? Enquanto nós, alunos, que estamos lutando por um futuro melhor e muito mais digno que o do senhor que não merece nem o nome que lhe deram. E ao Senhor Paulo Câmara, deixo aqui meus parabéns por tamanha maquiagem que fez em Santa Cruz a duas semanas atrás, não passou disso.

Até quando cidadãos de bem tem que ficar em casa enquanto bandidos tocam terror nas ruas, praças, e até ESCOLAS... A que ponto chegamos?", escreveu a aluna.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso