.

Situacionistas vivenciam instabilidade e Júnior Gomes é tachado de 'fogo amigo'

Presidente da Casa Dr. José Vieira de Araújo chegou a dizer que entregaria cargo por não aguentar mais companheiro de bancada
Vereador Júnior Gomes (PSB) – Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
Em reunião realizada na manhã desta quinta-feira (20) em Santa Cruz do Capibaribe, a bancada situacionista divergiu bastante sobre diversos temas. O atrito se deu de uma maneira tão intensa entre alguns vereadores que o presidente da Câmara de Vereadores, José Bezerra da Costa (Zé Minhoca – PSDB) firmou que deixaria a presidência por não estar mais aguentando as intervenções do vereador Júnior Gomes (PSB), seu aliado.
Parlamentares narraram postura dura de Jr. durante reunião  Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
A discussão no gabinete do presidente também contou com outros detalhes. Em críticas visíveis o socialista Júnior bateu também na condução da liderança de sua bancada, esta gerida pelo vereador e ex-prefeito Toinho do Pará, também do PSB. Gomes chamou Toinho de incompetente, o que levou o ex-prefeito a dizer que também deixaria a liderança do grupo na câmara.

Ainda ocorreram discussões isoladas entre outros vereadores, porém os parlamentares citados deixaram a sala do presidente em clima de tensão e descontentamento. Também na saída alguns vereadores repudiaram a postura de Gomes, que sem dar mais declarações deixou o local. Mais tarde, as discussões repercutiram em mídias sociais.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso