.

Polícia investiga crime repleto de mistérios que resultou em duas mortes e um ferido na PE-90, em Vertentes

Vítimas de Santa Cruz do Capibaribe e Campina Grande já foram identificadas
Fotos: Ademilton Silva (Agreg Imagem/Reprodução) e Divulgação
A polícia já tem os primeiros detalhes que encabeçam as investigações sobre um caso registrado na última segunda-feira (24), em Vertentes, Agreste de Pernambuco. Na ocorrência que teve desfecho na rodovia PE-90 um homem foi supostamente assassinado e outros dois ficaram feridos, sendo mais tarde um deles também faleceu.

O crime está cercado por mistérios que ainda intrigam a polícia. O Blog do Bruno Muniz colheu informações e constatou que a vítima fatal residia em Santa Cruz do Capibaribe, município que fica próximo de onde aconteceu o crime de homicídio. Dos outros dois populares que foram socorridos no local, um senhor que faleceu após receber atendimento médico residia na cidade de Campina Grande, Paraíba.

Entenda o caso

Foto: Divulgação
De acordo com relatos, por volta das 17h três homens trafegavam em um veículo de passeio (com placas de Parelhas, RN) pela referida rodovia pernambucana quando teriam sido interceptados por indivíduos, não se sabe ao certo quantos. Na ação, os criminosos fizeram com que o condutor perdesse o controle e capotasse.

Joseilton Sousa Leonel (45 anos) morreu no local. Os outros ocupantes do automóvel foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, onde receberam atendimentos emergenciais – e posteriormente foram levados para unidades hospitalares nas cidades de Toritama e Frei Miguelinho, ambas também no Agreste.

Mais tarde, Raimundo do Nascimento Silva (idade não informada) também acabou falecendo no Hospital Municipal Nossa Senhora de Fátima, em Toritama. José Raimundo de Lima, a terceira vítima, foi levado em estado gravíssimo para o Hospital da Restauração, em Recife, onde passou por cirurgias e mantém quatro estável.

Investigações
Foto: Divulgação
O detalhamento da polícia apontou que a vítima falecida no local do acidente encontrava-se com outros ferimentos além daqueles que foram provavelmente provocados pelo impacto da colisão automobilística, o que neste caso seriam perfurações de arma branca e até mesmo de disparos de arma de fogo.

Os corpos de Joselito e Raimundo foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Caruaru. As investigações agora trabalham com a hipótese de um atentado, já que o próprio cenário do crime indica isso. Até então, nenhum suspeito pelo caso foi detido ou sequer identificado.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso