.

Para 2018, José Augusto Maia não quer 'protagonistas' em seu grupo político

Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
Santa Cruz do Capibaribe – Após a publicação de um elaborado vídeo em uma rede social, essa semana, o ex-candidato a vice-prefeito Cleiton Barboza (PTN) gerou certo desconforto no líder oposicionista no município, o ex-deputado federal José Augusto Maia, também do PTN.

Segundo informações da alta cúpula e dos bastidores, José Augusto Maia que é claro candidato a disputa para deputado estadual no próximo ano não teria gostado do posicionamento de seu aliado em evidenciar problemas com tom de protagonismo. No vídeo, Cleiton aparece criticando o Governo do Estado de Pernambuco e principalmente o deputado Diogo Moraes, do PSB, que em Santa Cruz do Capibaribe é aliado do prefeito Edson Vieira (PSDB).

O 'bater de frente' com o deputado situacionista que também deve disputar a reeleição gerou uma série de movimentações entre as populares 'malas' que acontecem na cidade e culturalmente contam com a presença de figuras políticas. Testemunhas informaram ao Blog do Bruno Muniz que José Maia não teve conhecimento da produção e foi claramente contrário a publicação do vídeo.

A negativa do líder dos oposicionistas soa neste momento como uma retração ao que poderia vir a ser um concorrente. Vale destacar que Cleiton ainda não chegou fez pronunciamentos dando conta que detém a intenção de disputar uma vaga na ALEPE. Em suas falas, o empresário se coloca como 'opção' caso Fernando Aragão (PTB) volte a disputar o cargo de prefeito na 'Capital das Confecções'.

Confira o vídeo em questão:


O episódio na Oposição acontece na mesma semana em que membros do grupo situacionista foram evidenciados por desentendimentos

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso