.

Deputados apoiados e votados em Santa Cruz do Capibaribe votam favoráveis a Reforma Trabalhista

Dos apoiados, apenas Eduardo da Fonte foi contra a Reforma Trabalhista
Foto: NE10
Durante a madrugada desta quinta-feira (27) foi aprovado na Câmara dos Deputados, o texto-base da Reforma Trabalhista. Deputados votados em Santa Cruz do Capibaribe votaram favoráveis as medidas propostas pelo Governo Federal.

O projeto foi motivo de diversas discussões e posicionamentos de lideranças e personalidades, sendo que a aprovação também é um dos motivos da greve geral marcado para essa sexta-feira (28).

Dos deputados que foram favoráveis, todos receberam apoios e votos em Santa Cruz do Capibaribe, como é o caso de Bruno Araújo (PSDB), Ricardo Teobaldo (PTN), Mendonça Filho (DEM) e Jarbas Vasconcelos (PMDB). Apenas o deputado federal Eduardo da Fonte (PP), que tem como principal apoiador o ex-vice-prefeito de Santa Cruz, Dimas Dantas (PP).

A Reforma Trabalhista tem sido bastante criticada pelas associações, sindicatos e alguns órgãos, que alegam que com a Reforma Trabalhista, direitos dos trabalhadores serão retirados. Por outro lado, os deputados e apoiadores, da aprovação alegam que a economia passará a ter reação com essa reforma.

Confira os votos de cada um dos deputados de Pernambuco:

Votaram pelo NÃO ao projeto da Reforma Trabalhista

Danilo Cabral (PSB)
Eduardo da Fonte (PP)
Gonzaga Patriota (PSB)
Luciana Santos (PCdoB)
Pastor Eurico (PHS)
Silvio Costa (PTdoB)
Tadeu Alencar (PSB)
Wolney Queiroz (PDT)

Não votou

Zeca Cavalcanti (PTB)

Votaram pelo SIM ao projeto da Reforma Trabalhista

Adalberto Cavalcanti (PTB)
André de Paula (PSD)
Augusto Coutinho (SD)
Betinho Gomes (PSDB)
Bruno Araújo (PSDB)
Carlos Eduardo Cadoca (PDT)
Daniel Coelho (PSDB)
Fernando Coelho Filho (PSB)
Fernando Monteiro (PP)
Jarbas Vasconcelos (PMDB)
João Fernando Coutinho (PSB)
Jorge Côrte Real (PTB)
Kaio Maniçoba (PMDB)
Marinaldo Rosendo (PSB)
Mendonça Filho (DEM)
Ricardo Teobaldo (PTN)


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso