.

Carlos Eduardo Cadoca é expulso dos quadros do PDT

Foto: Divulgação
O Partido Democrático Trabalhista (PDT) emitiu uma nota na manhã desta quinta-feira (27) onde afirma que o deputado federal Carlos Eduardo Cadoca está expulso dos quadros do partido. A expulsão aconteceu após o deputado ter votado favorável a Reforma Trabalhista, contrariando assim a indicação do partido, que sempre se mostrou contra a reforma.

A decisão de expulsá-lo, foi divulgada em nota oficial do partido assinada pelo presidente da legenda, Carlos Lupi. De acordo com o partido, a aprovação dessa Reforma retira direitos dos trabalhadores, e desde março, em plenária realizada pelo partido, ficou decidido que o PDT votaria contra essas reformas.

Leia a nota na íntegra:
Nota Oficial

Diante do resultado da votação da reforma trabalhista ocorrida na noite de ontem, em Brasília, a Executiva Nacional do PDT decide, ad referendum, pela EXPULSÃO do parlamentar Carlos Eduardo Cadoca (PE).

A medida vai ao encontro de decisão tomada na última Convenção Nacional do PDT, em 17 de março, onde o Diretório Nacional fechou questão contrária às reformas do atual governo que ataca e retira direitos dos trabalhadores brasileiros.

O PDT tem suas raízes históricas e lutas sempre em favor do trabalhador brasileiro. No momento que um governo ilegítimo, imoral e sem qualquer apoio popular decide atacar diretamente as conquistas trabalhistas, o PDT tem a obrigação de ficar ao lado do trabalhador brasileiro.

Carlos Lupi - Presidente Nacional do PDT

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso