.

Ernesto Maia afirma que não houve aumento salarial e critica Zé Minhoca por ‘passar por cima' do Regimento

“Infelizmente ele já começa mal”, desabafa o vereador
Foto - Eliton Araujo (Agreg Imagem)
O vereador oposicionista Ernesto Maia (PT) criticou o presidente da Câmara de vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Zé Minhoca (PSDB), que de acordo com as frases do parlamentar, se recusou a dar cumprimento ao regimento interno da Casa Dr. José Vieira de Araújo.
“O presidente da Câmara, Zé Minhoca, infelizmente se mostra acima do regimento interno, quando não me dá o direito de usar, através de um dispositivo do regimento, os 5 minutos que qualquer vereador que pedir dentro do horário regimental possa pedir”, afirmou.
Ainda em questão, o vereador que é o líder da bancada de oposição comentou sobre a notificação que chegou, na manhã de hoje, na Câmara de Vereadores questionando o aumento de salários dos parlamentares que havia sido aprovado na última legislatura. Para Ernesto, não houve aumento, já que os salários pagos atualmente são abaixo do teto previsto em lei.
“Eu acho que essa notificação é uma boa oportunidade para mostrar que a Câmara de Vereadores não aumento os vencimentos de nós (Vereadores). A lei que vigorava no ano passado era de que o salário deveria ser de R$ 10 mil, e nós recebemos R$ 9.800. Então isso por si só já mostra que não houve aumento”, frisou.
Nova Denúncia

Na manhã de hoje, o vereador Carlinhos da Cohab (PTB) postou um vídeo em suas redes sociais onde se encontrava em frente ao prédio do Ministério Público, e anunciava que em breve a cidade terá novidades contra a gestão do prefeito Edson Vieira (PSDB).
“O vereador Carlinhos tinha compromissos em Recife e como já estava lá, aproveitou para ir no Ministério Público, eu acredito que é para falar da questão criminal do caso da KMC Locadora, já que apenas o procurador do Estado pode acionar o prefeito em relação a isso... Ele (Carlinhos) mandou uma mensagem dizendo que na próxima segunda-feira, nossa bancada estará toda lá para adiantar detalhes sobre o caso”, especulou.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso