.

Diário News – "Acredito que não existem dois grupos", diz Jéssyca Cavalcanti sobre possível rompimento de Edson Vieira e Diogo Moraes

Foto: Jean Pierre (Rádio Santa Cruz FM)
Na manhã desta segunda-feira (13) a vereadora Jéssyca Cavalcanti concedeu entrevista ao programa Diário News (Rádio Santa Cruz FM 98,5), onde na ocasião tocou em diversos temas relacionados ao seu retorno a Câmara Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, além de movimentações nos bastidores do grupo situacionistas do município.

Inicialmente Jéssyca fez críticas ao grupo oposicionista afirmando que os políticos do mesmo seguem uma linha de ansiedade no intuito de reassumir o poder no município, hipótese que para ela não possui firmamento estratégico e nem político.
"É a ansiedade do retorno, o que eu acho difícil mediante o que foi construído por eles a população aceitar. A gente tem muita tranquilidade em relação a isso, os embates vão existir na câmara de vereadores, porque eu particularmente não admito críticas quando o vereador Ernesto Maia vem falar em relação a educação, eu não sei respaldado em que", criticou a vereadora.
Dentre outros temas, Jéssyca destacou o apoio que recebeu do deputado estadual Diogo Moraes (PSDB) durante a campanha do ano passado. Posta em um cenário fictício de um possível rompimento entre o deputado e o prefeito Edson Vieira (PSDB), e questionada para qual lado iria, a vereador mediou a pergunta e disse não acreditar em rompimento.
"A gente está analisando as situações, acredito que não existem dois grupos, existe um grupo só em Santa Cruz do Capibaribe que tem como prefeito Edson Vieira e tem como deputado Diogo Moraes, que é o primeiro-secretário da Alepe, e que os dois juntos proporcionaram ao povo de Santa Cruz do Capibaribe uma inovação na política, avanços significativos, e se Deus quiser vai permanecer por longas datas essa parceria que deu certo", comentou a vereadora.
Confira a entrevista completa:


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso