.

"Altos e baixos da política"


Santa Cruz do Capibaribe – Sendo o segundo vereador mais bem votado e o primeiro do grupo 'Boca Preta' nas eleições de 2008, o ex-vereador Zezin Buxin (PSDB), caiu no esquecimento em 2017. O vereador que disputou sua primeira eleição em 2008 e foi a grande surpresa do pleito, conseguindo uma votação de 3.336 e com isso se tornando um grande quadro do grupo boca preta, que era oposição na época. 

Com a expressiva votação, Zezin passou a ser um nome forte para a majoritária em 2012. Ao perder a eleição para Toinho do Pará, logo após o encerramento das urnas Edson Vieira (PSDB) já começou a trabalhar sua candidatura para a próxima disputa e certamente o nome de Zezin foi um dos primeiros a ser lembrado para compor a chapa com  o político em 2012. 

Na época para a composição da chapa majoritária, Edson chegou a convidar Zezin para disputar em 2012. Porém Zezin não aceitou o convite, argumentando que na época preferia renovar seu mandato de vereador a arriscar um cargo na majoritária, correndo o risco de ficar sem um cargo. Lembrando que na época Edson era Deputado Estadual. 

Com a recusa de Zezin, Edson compôs a chapa com o então vereador Dimas Dantas (PP), que depois veio a romper com o mesmo. Em política tem dessas coisas, uma tomada de decisão errada, poderá custar a sobrevivência política de um candidato. 

Pelo perfil de Edson, certamente não digeriu muito bem o “não” de Buxin, retirando o vereador de sua lista de prioridades. Edson vence a eleição de 2012, derrotando o “mito” da época, José Augusto Maia, e Zezin renova seu mandato de vereador, sendo que com mil votos a menos. 

Já na escolha para o vice de em 2016, o nome de Zezin não ficou entre os preferidos de Edson, mostrando que aquele “não” está arquivado na mente do prefeito. 

Em 2016, Zezin perde mais mil votos e não consegue renovar seu mandato. E como segundo suplente da principal coligação, Buxin fica fora da nova equipe de Edson para este segundo mandato.

Além de Zezin devem ficar de fora do governo os ex-vereadores Afrânio Marques (PDT), Luciano Bezerra (REDE) e Narah Leandro (PSB). Estes são outros políticos que deixarão a administração Vieira e irão correr atrás de seus projetos pessoais.

Por Marciel Aquino

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).