.

RETROSPECTIVA 2016 – Os fatos que marcaram o ano na região (Parte II)

Imagem Oficial – Blog do Bruno Muniz
Terror nas escolas
Escola de referência no Centro de Santa Cruz do Capibaribe foi uma das assaltadas – Imagem do internauta
Alunos roubados – Estudantes da Escola Dr. Adílson Bezerra foram assaltados na noite de uma segunda-feira, quando aguardavam o ônibus para irem embora para suas residências.

De acordo com os relatos, um casal chegou e começou a realizar o ‘arrastão’ em aparelhos de quem estava no local. Uma menina que estava alegando não ter aparelho, foi obrigada a tirar a roupa e um dos elementos ficou apalpando as suas genitais enquanto ela mostrava que não teria escondido o celular.

A polícia foi acionada e o caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Capibaribe. Outros relatos envolvendo assaltos no interior de escolas também foram registrados na 'Capital da Moda' em 2016.

Elevação no número de homicídios
Imagem de um dos homicídios registrados em Santa Cruz do Capibaribe – Imagem do internauta
O ano de 2016 reservou altas taxas de violência para o município de Santa Cruz do Capibaribe. De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Defesa Social (SDS-PE), a cidade registrou um aumento no números de crimes violentos contra a vida, mais até do que o ano passado.

Somente este ano, já foram assassinadas 53 pessoas. Ano passado, a cidade registrou 47 crimes de morte. O Interior de Pernambuco tem registrado altas taxas em todos os municípios, a exemplo de Toritama que também foi marcada pela violência com mais de 40 assassinatos.

Delegado preso
Delegado ainda tentou resistir a prisão – Imagem de arquivo
O Delegado lotado em Caruaru, Renato Gayão, foi preso após ser constatado que o mesmo guiava um veículo sob efeito de álcool. A prisão do mesmo ocorreu em Prazeres, Jaboatão dos Guararapes, quando ele arranhou um outro carro que estava estacionado.

O caso foi registrado e não poderia ficar de fora de uma retrospectiva, tendo em vista que não é comum a prisão de um Delegado.

Um time heroico
Time recebendo medalha pela participação na Copa TV Asa Branca de Futsal 2016 – Imagem Divulgação
DRB, da Vila do Pará faz história – O time de futsal, DRB.F.C, marcou história na 11ª Copa TV Asa Branca de Futsal este ano. Com um time bastante aguerrido, a equipe chegou às semifinais da competição, perdendo apenas para o Dois Riachos pelo placar de 1x0.

Para os moradores da Vila que pertence a Santa Cruz do Capibaribe e jogadores, a equipe perdeu com um sentimento de vitória, tendo em vista que eliminou equipes consideradas favoritas na competição.

Solidariedade
Várias mulheres em tratamento foram beneficiadas – Imagens de Divulgação
Doação de Perucas - O ano de 2016 também teve os seus momentos de ações solidárias que marcaram a vida de muitas pessoas. Em Santa Cruz do Capibaribe, uma cabeleireira que tem um salão de beleza popularmente conhecido como ‘Sinha Cabeleireiro’ realizou uma campanha de doação de perucas a mulheres que perderam seus cabelos em tratamentos médicos contra o câncer.

Os produtos que custam, no mercado cerca de 2 mil reais, foram ofertados de forma gratuita, ação foi bem recebida pela população, que inclusive se mobilizou para realizar a doação de cabelos em massa, visando a produção de mais perucas.

A chegada dos ministros
Ministros em Santa Cruz do Capibaribe – Imagens de Bruno Muniz
No último suspiro de Dilma Rousseff - Nunca a cidade de Santa Cruz do Capibaribe havia recebido um ministro do Governo Federal em sua história. Quem teve a honra de iniciar esse cenário foi o senador e, à época, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, que realizou um megaevento no Celebre Recepções, para fazer o lançamento do Programa de Exportação: Plano Nacional de Cultura Exportadora.

O detalhe do lançamento, e os comentários que foram entoados após a vinda do ministro, foi de que o plano nem sequer sairia do papel, tendo em vista que Brasília assistia a toda discussão em torno do Impeachment da presidente Dilma Rousseff.

O Plano era uma boa ideia para a cidade, tendo em vista que Santa Cruz do Capibaribe hoje, representa uma parcela de toda a confecção do estado que é ofertada aos países estrangeiros e esse plano seria o ‘carro-chefe’ de uma reação na economia municipal. Só que o fato tão aguardado não aconteceu e a cidade permanece, até hoje, sem discutir esse mesmo tema.

O crime que chocou o Agreste
Jornalista foi covardemente morto por ex-funcionário – Imagem de Divulgação
Dentre os muitos homicídios que ocorreram no Agreste de Pernambuco, um deles ganhou repercussão nacional. O jornalista caruaruense Marcolino Júnior foi morto e teve o seu cadáver ocultado pelos assassinos, gerando incansáveis buscas na região que findaram três dias após o seu desaparecimento.

O acusado de encomendar a participar da morte do colunista social foi identificado e confessou o crime, sendo ele um dos ex-funcionários do jornalista. Após passar cerca de seis meses na cadeia o jovem acusado do ordenar o crime de morto foi solto. O juiz que acompanha o caso alegou bom comportamento e falta de antecedentes criminais, justificando assim a soltura.

Preso por desacato dentro de câmara municipal
Momento em que ativista discutia com vereadores – Imagem de Paulo Pereira
Em 2016 de tudo aconteceu. Em uma das muitas polêmicas vivencias no plenário da Casa Dr. José Vieira de Araújo (Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe), um ativista político no intuito de ser ouvido arremessou papéis de uma sessão plenária sob o chão, em seguida insultou os vereadores.

Na confusão o popular acabou sendo preso por desacato, posteriormente foi liberado. Clodoaldo Barros, figura envolvida na ocasião, mais tarde se tornaria um dos quatro candidatos a prefeito em Santa Cruz do Capibaribe. A chapa do mesmo foi impugnada por questões técnicas, alegou a Justiça Eleitoral.

Conselheiros tutelares mortos coletivamente
Crime aconteceu em uma estra vicinal – Imagem da polícia
Um crime por encomenda que mais tarde teria um desfecho jamais pensado foi um dos grandes assuntos de 2016. Na ocasião, três conselheiros tutelares e uma idosa foram mortos na cidade de Poção, no Agreste de Pernambuco.

O profissionais exerciam suas atividades no momento em que foram alvejados por vários disparos de arma de fogo. Ao final, a polícia apurou que a mandante do crime foi uma familiar que não queria perder a guarda de uma criança.

Valores de shows do Safadão causam polêmica no Agreste
Cantor fez ainda discurso em meio a polêmica – Imagem da assessoria de WS
No mês junino a pauta nos principais meios de comunicação do Agreste de Pernambuco foi os valores embolsados pelo cantor Wesley Safadão para apresentações em Caruaru e em Campina Grande.

O montante superior a meio milhão de reais despertou a atenção do público e também do Ministério Público que resolveu investigar o caso. Na oportunidade questionava-se o valor inferior que o mesmo cantor recebeu por uma apresentação no mesmo período em CG, Paraíba.

Ao final o cantor realizou o show e optou por doar o valor para instituições carentes para amenizar a polêmica.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso