.

Parlamentares se despedem da Alepe para assumir prefeituras

Foto: Alepe
A Assembleia Legislativa de Pernambuco dedicou parte da Reunião Plenária desta terça-feira (20) para a despedida dos deputados eleitos prefeitos nas disputas municipais de outubro. Os sete futuros gestores – Raquel Lyra (Caruaru), Miguel Coelho (Petrolina), Lula Cabral (Cabo de Santo Agostinho), Ângelo Ferreira (Sertânia), Botafogo (Carpina), Aglailson Júnior (Vitória de Santo Antão) e Professor Lupércio (Olinda) – aproveitaram a ocasião para apresentar, na tribuna, os balanços de seus mandatos no Poder Legislativo Estadual.

Em nome da Mesa Diretora, o primeiro-secretário da Alepe, Diogo Moraes (PSB), desejou sucesso aos deputados que assumirão prefeituras e disse esperar que a experiência parlamentar influencie suas gestões no sentido de torná-las mais participativas e responsáveis.
“A presente conjuntura do País acentua as dificuldades em gerir os municípios. Mas, com luta, coragem e, principalmente, trabalho, os desafios serão superados. E, para tanto, podem contar conosco na Alepe. A Casa estará aberta aos municípios pernambucanos, para buscar soluções para melhorar a vida das pessoas”, acrescentou.
Primeira a se pronunciar, Raquel Lyra (PSB) foi escolhida pela Mesa Diretora para receber um buquê de flores em homenagem aos prefeitos eleitos. Além das pessoas com quem conviveu na Alepe, a parlamentar agradeceu à população de Caruaru, em especial às mulheres. Primeira prefeita eleita do município do Agreste, ela também registrou no discurso a aprovação da PEC nº 01/2015, na Comissão de Justiça, nesta terça (20). De sua autoria, a proposição determina a presença de, no mínimo, uma mulher na composição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa.
“É um projeto para que o segmento feminino seja representado em posições de poder. Se não houver política pública, a mulher está condenada a não conseguir sair de casa, muito menos entrar na vida pública”, ressaltou.  
Ângelo Ferreira (PSB) agradeceu aos conterrâneos de Sertânia (Sertão do Moxotó), lembrando que é um povo que convive com a seca e com as outras crises que o País enfrenta, mas que mantém a esperança. “Foi com o espírito desses cidadãos que atuei em três mandatos nesta Assembleia. Guardo a certeza de que seremos, junto com a população, capazes de vencer todas as dificuldades nesse novo desafio”, salientou.

Na tribuna, o deputado Miguel Coelho (PSB) falou da importância da passagem pela Alepe.
“Se fui eleito prefeito, é porque a experiência como deputado me enriqueceu”, registrou. Ele citou os debates conduzidos à frente da Comissão de Agricultura, e destacou o “espírito de respeito” que prevalece na construção de soluções dentro da Assembleia Legislativa. “Dói assinar a renúncia como parlamentar, mas a dor é aliviada quando assumimos a responsabilidade de liderar o destino de tantos pernambucanos”, apontou o futuro prefeito de Petrolina, localizada no Sertão do São Francisco.
Com informações no Blog Notícias de Pernambuco

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso