.

Vereadores de Stª Cruz do Capibaribe se reúnem pela 1ª vez após eleições

Na tarde desta quinta-feira, 06, os vereadores com mandato na Câmara Municipal de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe estiveram participando da primeira sessão após as eleições municipais realizadas no último domingo (02).

Em notável clima de empolgação para uns e de melancolia para outros, os parlamentares tiveram um encontro marcado pelos agradecimentos e também pelas explicações, já que alguns deles não deverão compor o quadro de políticos da casa no próximo ano.

Com o retorno do uso da tribuna, a sessão contou com momentos mais incisivos por parte de alguns vereadores que voltaram a criticar os colegas de plenário. Nos bastidores as abordagens bem humoradas contra os que não conseguiram se reeleger também tiveram espaço.

Na ocasião alguns Projetos de Lei foram debatidos entre os parlamentares, dentre eles uma importante iniciativa (nº 093/2015) que vista a instituição do programa "Superação", este que vista o auxílio a pessoas acometidas de câncer.

Confira a pauta da reunião:
Pauta oficial da 09ª Sessão Ordinária do 2º Semestre – Clique para ampliar
Confira ainda os principais trechos dos discursos dos vereadores:

"Fizemos porque acreditamos que é possível intervir de forma positiva na esfera pública", diz Afrânio sobre eleição
Afrânio Marques, PDT - Foto: Divulgação
O vereador Professor Afrânio usou o seu discurso para agradecer a todos os seus eleitores, que lhe garantiram 947 votos.
“Combatemos o bom combate! Sabíamos das dificuldades e de todos os entraves que enfrentaríamos. Fizemos porque acreditamos que é possível intervir de forma positiva na esfera pública. Agradeço a todos que colaboraram e nos apoiaram. Infelizmente não foi possível renovar o mandato, mas a esperança é sempre renovada. É hora de parar e descansar. Em seguida avaliar. O futuro depende de todos nós! Abraço e obrigado por acreditar, junto conosco! Parabéns ao prefeito reeleito Edson Vieira, Dida de Nan, vice-prefeito e os vereadores eleitos”, pontuou Afrânio.
Helinho Aragão se solidariza com colegas opositores que não se reelegeram
Helinho Aragão, PTB - Foto: Divulgação
O vereador Helinho Aragão aproveitou o seu tempo na tribuna da Câmara de Vereadores pela 9ª Reunião Ordinária, em reunião pós eleição, para agradecer pelo montante de votos, onde se dirigiu a todos os seus eleitores de forma cortês, para saudar cada um dos que confiaram e ele o seu segundo mantado.

Helinho falou ainda sobre a questão dos vereadores que não conseguiram se reeleger, a exemplo do professor Afrânio e Luciano Bezerra, os quais ele disse que foram grandes colegas, os quais, segundo Helinho, são vereadores que elevam o nível do debate.
“Quero agradecer a todos os que em mim votaram, parabenizar ao prefeito Edson Vieira e dizer que se o povo quis assim, que o prefeito faça um grande mandato e nós iremos continuar com o nosso trabalho enquanto oposição, dizer que iremos para mais quatro anos de trabalho”, disse o petebista.
"O voto é soberano e foi feita a vontade do povo", frisou Ronaldo.
Ronaldo Pacas, PR - Foto: Divulgação
O vereador Ronaldo Paca (PR), iniciou seu discurso agradecendo aos eleitores que confiaram e acreditaram em seu trabalho. Ainda em tom de agradecimentos Ronaldo citou todos que trabalharam e contribuíram com sua campanha durante os 45 dias de disputa eleitoral.
"O voto é soberano e foi feita a vontade do povo", frisou Ronaldo.
Por fim o vereador reforçou o compromisso e sua atuação como legislador da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, colocando seu mandato à disposição da população.
“Contem comigo, porque nós iremos estar aqui para somar. Agradecer a todos os eleitores que estiveram comigo nessa árdua campanha e afirmo que podem contar comigo”, finalizou Pacas.
“Se ao perder uma eleição é cair, levem a mensagem ao vereador Fernando Aragão que ele caiu de pé”, comenta Luciano
Luciano Bezerra, REDE - Foto: Divulgação
Inicialmente o vereador Luciano Bezerra também demonstrou gratidão a todos os seus eleitores e fez uma breve análise das últimas eleições, enfatizando a participação do eleitorado de Santa Cruz do Capibaribe.
“Distintamente quero parabenizar aos colegas aqui que foram reeleitos, em especial a todos os meus colegas de bancada e a todos os vereadores da oposição. Mas, também quero parabenizar a todos os colegas que, assim como eu, não conseguiu se reeleger”, disse Luciano.
Em seguida, o vereador Luciano Bezerra parabenizou o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, reeleito, Edson Vieira e o vereador Dida de Nan, que foi eleito vice-prefeito, Dida de Nan.
O parlamentar aproveitou ainda para saudar o vereador Fernando Aragão pela bela campanha que fez e disse: “Se ao perder uma eleição é cair, levem a mensagem ao vereador Fernando Aragão que ele caiu de pé”.
Ao final, o parlamentar agradeceu a sua equipe, em suma, a sua família e a todos os que colaboraram com sua campanha. O vereador Luciano Bezerra recebeu felicitações de vários vereadores, inclusive dos da oposição, os quais os parabenizaram e enfatizaram a perda que o legislativo santa-cruzense sofre, com a não reeleição do vereador Luciano Bezerra.

Vereador tucano comenta eleições
Klemerson Ferreira, PSDB - Foto: Divulgação
O vereador Pipoca falou inicialmente acerca das últimas eleições, onde o mesmo aproveitou para agradecer aos seus eleitores e enfatizou as grandes perdas que a Câmara perdeu, em não reeleger seus companheiros de bancada.
“Quando entrei aqui nessa Câmara, no meu primeiro mandato, inexperiente, os vereadores Junior Gomes, Professor Afrânio, Zezin Buxun e outros, sempre com muita humildade, me ajudaram bastante. Quero agradecer a minha família, minha noiva e em nome da minha família, eu agradeço a todos os que confiaram seu voto em minha pessoa, dizer que tenho a grata satisfação de garantir meu segundo mandato e dizer que nesses próximos quatro anos, irei dar continuidade ao meu trabalho, junto com essa equipe que tanto tem trabalhado por Santa Cruz. Parabenizar ao prefeito Edson Vieira e ao colega Dida de Nan, pela vitória”, disse Pipoca.
“Tenho a consciência tranquila que fiz um bom trabalho enquanto vereador", garante Dida de Nan
Dida de Nan, PSB - Foto: Divulgação
“Quero começar meu discurso agradecendo a nosso Senhor Jesus Cristo e a todos as pessoas que acompanharam meu trabalho como vereador e acreditaram em nossa vitória”.
Aparentemente emocionado, o vereador Dida de Nan fez um breve relato do seu trabalho enquanto parlamentar.
“Tenho a consciência tranquila que fiz um bom trabalho enquanto vereador. Parabenizo a todos os vereadores reeleitos, tanto da minha bancada, quanto a bancada de oposição. Quero dizer que ao longo dessa campanha, sofri muito com a forma que fui tratado, porque fui chamado de matuto, que não tinha condições de ser um vice-prefeito, chamado de pé frio e sempre me contive. Sempre tive certeza que o trabalho ganharia para o ódio, para a baixaria e eu nunca respondi, pois não queria dar discurso à oposição. O que fizeram com o meu amigo e companheiro de chapa, Edson Vieira, o taxando de tantas coisas que não quero nem contar, porque a melhor resposta que temos que dar, é ser hoje o vice-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe”, concluiu Dida.
"Quem não quis a volta de Luciano, foi o prefeito Edson Vieira", dispara Ernesto Maia
Ernesto Maia PT - Foto: Divulgação
Assim como os demais vereadores, Ernesto Maia, iniciou seu discurso agradecendo a todos os que confiaram o voto para a sua reeleição.
“Quero agradecer primeiramente a Deus, porque enquanto muitos não acreditavam na minha reeleição e mesmo assim, estou aqui de volta, como o segundo vereador do PT, proporcionalmente, mais votado do Estado de Pernambuco”, disse o petista.
Em seguida, o Ernesto fez uma análise sobre a não reeleição dos vereadores Zezin Buxin, Professor Afrânio Marques, Luciano Bezerra e Zé Elias.
“Ouvindo o vereador Junior Gomes dizendo que nossa bancada, ao elogiar o vereador Luciano Bezerra, dizer que a gente não falava de coração, porque não queríamos a volta de Luciano. Ora, quem não quis a volta de Luciano, foi o prefeito Edson Vieira, que fez vários eventos para beneficiar uns e não vi nenhum evento para beneficiar, por exemplo, o vereador Afrânio, que em alguns momentos colocou sua história em xeque para defender o prefeito”, disparou.
O vereador finalizou seu discurso relembrando a sua eleição para Deputado Estadual, onde muitos acharam que ele não viria para a reunião depois de perder o pleito.
“Eu quero dizer que muitos que riram, depois iriam chorar, porque as denúncias que eu fiz ao Ministério Público, está sendo dado encaminhamento e dizer que repito: quem riu, um dia ainda vai chorar”.
"Nem vocês irão lembrar do nome de Fernando", critica Júnior Gomes
Júnior Gomes, PSB - Foto: Divulgação
O vereador Junior Gomes fez um discurso pautado em agradecimentos aos eleitores e equipe que atuaram em sua campanha. Junior aproveitou e parabenizou aos colegas de bancada pela reeleição e lamentou pela não reeleição da vereadora Narah Leandro e os vereadores Zezin Buxin, Luciano Bezerra, Zé Elias.

Em seguida o vereador fez uma análise dos discursos dos oposicionistas Helinho Aragão e Ernesto Maia.
“Ouvir o vereador Helinho dizer que Fernando saiu fortalecido, isso é uma balela, porque Fernando perdeu e pode ter certeza que daqui a pouco, nem vocês irão lembrar do nome de Fernando, porque vocês mesmos irão atropelar essa história. Essa história de fortalecido, quem saiu fortalecido foi o prefeito Edson Vieira que venceu as eleições. Ao vereador Ernesto, dizer que o mesmo vem falar de segundo vereador mais votado do PT, vejam que título o vereador vem falar. Mas, para muitos de vocês que desejavam que eu não voltasse, eu estou aqui, graças ao voto de confiança que o povo me deu. Quem achou que eu não estaria aqui hoje, nessa primeira reunião depois da eleição, eu continuo vereador para mais quatro anos de mandato, firme e forte”, disse Gomes.
Galego de Mourinha entra em defesa de Luciano Bezerra
Galego de Mourinha, PTB - Foto: Divulgação
O vereador Galego de Mourinha iniciou seu discurso fazendo uma breve análise da eleição e relatou que se teria certeza de que apenas três vereadores não voltariam para esta Casa; ele, Fernando Aragão e Dida de Nan. Em seguida, Galego relembrou o mandato do vereador Luciano Bezerra, relembrando do ótimo trabalho desenvolvido pelo parlamentar.
“Eu quero lembrar aqui o trabalho do vereador Luciano Bezerra. Dizer que todos aqui se dizem amigos, mas no dia do meu aniversário, mesmo eu tendo tido um atrito com Luciano, ele foi o único dessa Casa que me enviou uma mensagem me felicitando e aquilo me comoveu. Outra coisa, nesta legislatura, eu nunca vi o vereador Luciano deixar de discutir um só projeto. Digo por onde passo, que Luciano foi um grande parlamentar e que a Câmara perde muito com a não reeleição de Luciano”, disse Galego.
O vereador finalizou o seu discurso parabenizando a todos os vereadores reeleitos, além do prefeito Edson Vieira e o vice-prefeito eleito, Dida de Nan.

Zezin Buxin faz balanço das eleições
Zezin Buxin, PSDB - Foto: Divulgação
O vereador Zezin Buxin iniciou seu discurso agradecendo a Deus por tudo e aos 1041 votos que obteve. Zezin relatou que faltou muito pouco para ser eleito, mas que política tem dessas coisas. 
“Eu tenho recebido muitas ligações, inclusive pessoas chorando por eu não ter me reeleito. Muitas pessoas que gostaram que eu não fosse reeleito, que se um dia precisarem de mim, procurem-me, porque eu estou acostumado em cuidar de gente, e garanto que não direi um não”, ressaltou.
O vereador falou sobre a sua dificuldade em pedir votos. “Eu tenho coragem para pedir votos para o povo, mas se for pedir algo para mim, trava. Não sei se é doença, se é defeito. Pode parecer comodismo? Talvez. Eu estou no terceiro mandato com o mesmo comportamento, mas eu sou assim”.
Zezin finalizou seu discurso dizendo que nunca vai deixar de ajudar a quem quer que seja e que mesmo que não consiga andar, mas se conseguir falar, vai continuar ajudando e finalizou seu discurso ao seu estilo, com um verso.
Quando for preciso comprar um mandato, eu desisto.
Enquanto eu puder conquistar um mandato, eu conquisto.
Sempre que eu puder lutar por um mandato, eu insisto.
"Muitos de vocês torceram para eu não voltar", dispara Carlinhos da Cohab
Carlinhos da Cohab, PTB - Foto: Divulgação
O vereador Carlinhos da Cohab iniciou seu discurso lamentando a não reeleição de Zezin Buxin e Luciano Bezerra, relatando que chegou a procurar o assessor de Zezin, a fim de alertar sobre a forma como tentaram minar os nobres vereadores.
“Aí, vem Junior Gomes a esta Tribuna falar em união e briga minha com Augusto Maia. Ora, e da sua briga com Narah, porque você não fala. Até a vereadora Narah entrou no rol de suas brigas. Muitos de vocês torceram para eu não voltar, mas eu sei que dói Junior Gomes, o vereador Carlinhos da Cohab ter voto para eleger dois Junior Gomes”, criticou.
O parlamentar finalizou seu discurso agradecendo pelos votos obtidos nessa eleição e parabenizando os candidatos eleitos e reeleitos.

"Falar sobre eleição é complicado e essa foi uma das campanhas mais difíceis que eu já enfrentei", relata Deomedes
Deomedes Brito, PT - Foto: Divulgação
O vereador Deomedes fez uma análise sobre a eleição e falando sobre a forma como todos foram eleitos, parabenizando a todos os eleitos.
“Falar sobre eleição é complicado e essa foi uma das campanhas mais difíceis que eu já enfrentei. Quero dizer aqui que na vida temos que ter humildade, porque não adianta querer menosprezar quem não foi eleito ou que foi eleito com poucos votos, quero dizer que todos os vereadores merecem respeito, não é porque eu tive poucos votos que sou menos que outros, fui eleito como todos que foram e estarei aqui para fazer mais um mandato de quatro anos”, disse Deomedes.
Deomedes finalizou seu discurso fazendo um relato sobre o que espera do novo mandato e agradecendo aos amigos e amigas que lhe confiaram o voto.

Os demais vereadores que não foram abordados na reportagem não estiveram presentes, todavia justificaram sua respectivas ausências.

Com informações da Assessoria da Câmara

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).