.

Boatos de 'palhaços criminosos' assustam moradores e causam transtornos em Santa Cruz do Capibaribe

Nenhum caso envolvendo pessoa fantasiada de palhaço foi registrado no município, alerta a polícia
Santa Cruz do Capibaribe é um dos municípios afetados pelos boatos - Foto: Júnior Porciúncula
Desde que se popularizou na internet a 'onda dos palhaços assassinos' tem causado uma série de transtornos e assustado moradores de vários municípios brasileiros, dentre eles Santa Cruz do Capibaribe.

O assunto teve início quando casos de criminosos fantasiados de palhaços foram registrados nos Estados Unidos da América, daí então o tema começou a ganhar espaço e acabou chegando ao Brasil onde de fato, em algumas cidades metropolitanas, 'palhaços macabros' foram vistos.

A ideia do personagem que geralmente anima festas e outros ambientes é distorcida nesta ocasião. Os palhaços não se tratam propriamente de figuras cômicas e que provoquem o menor dos sentimentos de alegria nas pessoas, pelo contrário. Geralmente as figuras assombrosas estão associadas ao terror psicológico, isso em todos os âmbitos possíveis.

O problema é que devido a repercussão dos personagens nas redes sociais o caso ganhou notoriedade em cidades mais pequenas, isso fruto de boatos espalhados através de redes massivas, o Whatsapp, por exemplo.

Essa semana um caso de um palhaço semelhante aos dos EUA circulou pelas redes sociais locais onde alguns usuários afirmavam que o mesmo teria sido fotografado durante a madrugada na localidade de São Domingos, distrito de Brejo da Madre de Deus, todavia o caso não passou de mais um boato.

A polícia alerta que a população deve ter cautela quanto ao conteúdo que recebe através das redes sociais. Em muitos dos casos ou em sua grande maioria pessoas mal intencionadas disseminam hipóteses nas redes com o intuito de torna-las virais, situação que geralmente culmina em uma imensa bola de neve quase que impossível de ser controlada.

Ainda existe um alerta para casos em que pessoas se apropriem da popularidade do assunto para provocar situações que se comparam aos acontecimentos narrados, situações essas que, caso sejam flagradas, podem resultar na detenção e até mesmo prisão dos envolvidos.

Mesmo diante de todas as suposições relatadas nas redes sociais o policiamento local ressalta que nenhum caso verídico envolvendo palhaços criminosos foi registrado na cidade nos últimos tempos.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).