.

3.348 eleitores que votaram em vereadores de situação reprovaram Edson Vieira


Analisando os números dados aos candidatos a prefeito e também nas cinco coligações dos dois principais grupos políticos, podemos perceber várias curiosidades. 

Uma delas foi a diferença que se esperava entre o atual prefeito e seu principal concorrente foram confirmados para vereador, mas não para prefeito. Os vereadores de situação receberam 26.317 votos, enquanto que os de oposição 17.622, diferença de 8.695 votos em prol dos vereadores boca preta.

Outro fato interessante foi que uma das ditas “chapinhas”, obteve mais votos do que o dito “chapão”. A chapinha encabeçada de Nailson Ramos (PMDB) elegeu 4 vereadores: Nailson Ramos (PMDB) -3.185 votos; Jéssyca (PTC) - 1.399 votos; Joab do Oscarzão (PSD) - 1.180 votos; Irmão Val (SD) - 1.091 votos. E por pouco não elegeu Caetano Motos (PROS) - 1.079 votos. No total a coligação obteve 12.207 votos. Enquanto a outra chapinha obteve 3. 353 votos e elegeu apenas 1 vereador: Ronaldo Pacas (PR) - 697 votos.

Já o chapão, onde estavam os vereadores com mandato, com de Jessyca, Luciano e Ronaldo, além de Dr. Nanau e Toinho do Pará, elegeu 5 vereadores: Toinho do Pará (PSB) - 1.582 votos; Júnior Gomes (PSB) - 1.458 votos; Pipoca (PSDB) -1.344 votos; Zé Minhoca (PSDB) -1.238 votos; Dr. Nanau (PSDB) - 1.112 votos.

Ainda sobre coligações, a de Fernando obteve 9.806 votos e elegeu 4 vereadores: Carlinhos da Cohab (PTB) - 2.894 votos; Ernesto Maia (PT) -1.855 votos; Helinho Aragão (PTB) - 1.086 votos e Deomedes Brito (PT) - 827 votos. Já a coligação de Zé obteve 7.816 votos, elegendo 3 vereadores, todos do PTN: Augusto Maia - 2.466 votos; Capilé da Palestina - 1.354 e Marlos da Cohab -1.170 votos.

Os partidos com maior representação na Câmara na nova legislatura são: PSDB de Edson Vieira (3), PTN de Augusto Maia (3); seguidos pelo PSB de Diogo Moraes (2), PTB de Fernando (2) e PT de Ernesto Maia (2).

Vemos ainda que de acordo com o coeficiente eleitoral (Número de votos recebidos por todos os vereadores, dividido pelo número de vagas na câmara), apenas dois vereadores se elegeram com votos próprios: Nailson Ramos e Carlinhos da Cohab. Pela divisão o número de votos para eleger 1 vereador foi de 2.584 votos. Com esse valor, se calcula quantos entram em cada coligação.

Por Marciel Aquino

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).