.

Sistema da Compesa integra cadastro de clientes e informações das redes de água e esgoto

Plataforma digital permite que o atendimento e prestação de serviços ganhe mais agilidade e eficiência ao acessar, de forma simultânea, os cadastros técnico, operacional e comercial da Companhia
Foto: Assessoria de Comunicação
Usar a tecnologia para melhorar a prestação de serviços é uma das apostas da Companhia Pernambucana de Saneamento Compesa. Já está em funcionamento uma plataforma digital que reúne todas as informações técnicas, operacionais e comerciais (clientes) integradas, e que podem ser visualizadas, de forma simultânea, em um único ambiente. O Sistema de Informações Geográficas (GISCOMP) foi criado pela própria companhia e, nos últimos três anos, recebeu melhorias de tecnologia e performance, unificação de bancos de dados e mudanças de evoluções até chegar no formato atual, que garante mais eficiência e rapidez no atendimento às demandas internas e ao público.

O GISCOMP permite a espacialização das carteira de clientes e das redes de abastecimento e esgotamento sanitário da Compesa. Este ano, o uso da ferramenta está sendo massificado entre os empregados diretos da empresa, cerca de 5 mil profissionais. A partir de uma única consulta no sistema, é possível solucionar problemas e tomar decisões. Por exemplo, o funcionário tem acesso ao cadastro de universo de clientes, ao mesmo tempo que ele pode verificar a disponibilidade da rede de esgoto e de abastecimento de água para cada localidade.
"Trata-se de uma ferramenta de gestão corporativa, uma plataforma de serviços web, utilizada para otimizar as ações comerciais, de logística e manutenção, visto que podemos trabalhar com dados visualizados em mapas, e não apenas em planilhas de 'números frios'. A ideia é que o GISCOMP seja a 'caneta' do funcionário", explica o gerente de Cadastro da Compesa, Luis Oliveira, acrescentando que para operar a ferramenta foi necessário também realizar investimentos na infraestrutura da rede da companhia e internet, além da implantação de novos equipamentos.
Com a ferramenta é possível mapear áreas de acordo com vários filtros e aproximar a visualização desde o mapa de Pernambuco até um ambiente de quadras ou mesmo chegar no nível das ligações e fachadas das residências. 
"Agora, podemos planejar a estratégia e a logística de algumas ações antes de ir a campo. Conseguimos localizar onde há maior incidência de estouramentos e vazamentos, áreas com maior ou menor número de clientes para planejar e definir ações comerciais e operacionais. Ficamos mais ágeis na nossa atuação e melhoramos o atendimento ao cliente", informa.
Um dos produtos do GISCOMP foi a nova versão do calendário de abastecimento, disponibilizado no site da empresa para todo território da Região Metropolitana do Recife (RMR). Agora, o cliente pode a acessar o sistema para consultar o calendário de abastecimento - pelo site www.compesa.com.br - e saber qual será o dia de fornecimento de água para o seu bairro com mais precisão. Também é possível encontrar a informação do endereço pretendido digitando-o ou navegando no mapa, semelhante a uma busca no Google Maps.

Georreferenciamento - Uma equipe formada por 12 técnicos, cinco engenheiros cartógrafos, dois analistas de TI e um administrador fazem a manutenção e atualização do Sistema. O trabalho ainda conta com mais 40 funcionários que, diariamente, fazem visitas de campo para georreferenciar os imóveis, ou seja posicionar cada residência através de coordenadas, aliado à atualização cadastral. Além disso, os leituristas da Compesa, no momento que realizam as visitas domiciliares, também aproveitam para associar as matrículas dos imóveis ao georreferenciamento do cadastro comercial. Hoje, dos 2,3 milhões de clientes, cerca de 67% já possuem georreferenciamento no sistema.

O projeto GISCOMP, seus benefícios e funcionalidades foram apresentados durante o Simpósio Brasileiro de Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação, no Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), realizado na semana passada, no Recife. Na ocasião, foi anunciada que é intenção da Compesa, ao lado de outros órgãos públicos, gerar um cadastro multifinalitário do Estado de Pernambuco, com informações de várias bases disponíveis, tais como energia, fibra ótica (dados e voz), gás, sistemas de água pluvial (prefeituras), entre outros. A ideia é fomentar as discussões para que estas informações sejam apresentadas em uma base única.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).