.

Sessão na Câmara de Santa Cruz do Capibaribe é marcada por insatisfações devido o não uso de dispositivo regimental

Foto: Paulo Henrique (Arquivo do blog)
Na manhã desta quinta-feira (22) os vereadores de Santa Cruz do Capibaribe participaram de mais uma sessão ordinária. O encontro realizado no plenário da Casa Dr. José Vieira de Araújo transcorreu sem muitos acontecimentos adversos e apenas três ausências. Os parlamentares em exercício debateram projetos de Lei e também avaliaram alguns requerimentos de teor comum.

O momento mais crítico do encontro entre os vereadores foi a não concessão do uso de tempo extra para 'explicações pessoais', uma espécie de brecha contida no regimento da Câmara e que estava sendo utilizada por alguns vereadores nas últimas reuniões. A não permissão para utilização do tempo de explicações nesta ocasião se deu porque os vereadores interessados não se inscreveram em tempo hábil.

O presidente Afrânio Marques (PDT) enfrentou insatisfações e questionamentos até mesmo por membros de sua bancada que alegaram não haver possibilidade de que o tempo proposto em regimento fosse utilizado com as inscrições tendo sido feitas após o encerramento da sessão. Júnior Gomes (PSB) e Luciano Bezerra (REDE) haviam questionado Afrânio no momento em que discutia-se se isso seria viável perante o regimento, ou não.

José Bezerra da Costa (Zé Minhoca - PSDB), Ernesto Maia (PT), Carlinhos da Cohab (PTB), Narah Leandro (PSB) e o próprio Luciano Bezerra (REDE) que contestou a viabilidade do uso do dispositivo haviam sido inscritos já após a palavra de encerramento por parte do presidente ter sido deferida. Diante do impasse nenhum vereador utilizou o tempo.

Sem o uso da tribuna o dispositivo que concede um tempo de cinco minutos a qualquer vereador para que ele exponha explicações pessoais se tornou alvo de constantes polêmicas na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, fator que foi gerado e agravado pela aproximação do período eleitoral.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).