.

Secretaria de Saúde de Stª Cruz do Capibaribe emite nota sobre possível crime eleitoral envolvendo veículo público

Breno Feitoza disse que em caso de comprovação do crime eleitoral o responsável será punido.
Breno Feitoza - Foto: Bruno Muniz (Arquivo do blog)
Nesta quarta-feira, 21, Breno Feitoza que é secretário de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe expôs, por meio de uma nota, os procedimentos que estão sendo adotados para apurar uma denúncia apresentada pelo candidato a vereador Ernesto Maia (PT) e alguns outros membros do grupo oposicionista.

Na ocasião o vereador Ernesto esteve na Depol de Santa Cruz do Capibaribe abrindo um boletim de ocorrência onde apontava que um veículo com caracterização da Secretaria de Saúde do município havia sido usado pra transporte de material de campanha de candidatos do grupo governista.

O proprietário do material seria o candidato a vereador 'Ronaldo da Ambulância', porém o situacionista alegou que o material teria sido doado a ele e que não teria conhecimento que o mesmo havia sido transportado em um veículo da prefeitura. O possível doador do material de campanha alegou em entrevista que teria pedido para que o motorista do veículo trouxesse o pacote de Caruaru, porém que ele o trouxe sem saber do que se tratava. 

Confira a nota do secretário Breno Feitoza abaixo:
Nota da Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe

Vimos por meio desta nota esclarecer os seguintes fatos:
A Secretaria de Saúde, assim como toda a Administração Municipal, vem agindo com rigor para o cumprimento do dispostos na Legislação Eleitoral e não autoriza sob nenhum aspecto ou condição que qualquer servidor público aja em contrariedade com condutas vedadas por lei;

Há rumores de que houve infração às normas eleitorais, estamos convocando o motorista envolvido no suposto acontecimento, para esclarecimentos sobre o ocorrido. Caso comprovada a atitude, o mesmo será afastado imediatamente e será aberto um PAD (Processo Administrativo Disciplinar) para apuração dos fatos e punição dos responsáveis;

Não há, não houve e não haverá nenhum uso de qualquer instrumento, dependências, servidor, ou veículo em favorecimento de qualquer candidatura, seja majoritária ou proporcional. Reiteramos que sendo confirmado o fato supostamente noticiado, o caso será apurado e punido rigorosamente;

A Secretaria de Saúde coloca-se à disposição de todos e em especial da Justiça Eleitoral para cooperar com a elucidação dos fatos;

Atenciosamente, Hélder Breno Feitoza, Secretário de Saúde. 

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).