.

Protesto seguido de atrito entre partidários é registrado durante desfiles cívicos em Stª Cruz do Capibaribe

Fotos: Bruno Muniz e Paulo Henrique
O '07 de Setembro' em Santa Cruz do Capibaribe não foi marcado apenas pelas comemorações do 'Dia da Independência do Brasil' e desfiles cívicos. O ano de eleições municipais teve também protestos e até mesmo atrito físico entre partidários dos dois principais grupos políticos da cidade.

Desde de logo cedo dois grupos de militantes se concentravam na frente de um palanque onde foram acomodados algumas autoridades municipais, dentre elas o atual gestor do município, Edson Vieira (PSDB). Com a chegada do prefeito juntamente com o seu quadro de secretários o ânimo dos militantes se acirrou.
José Augusto Maia ao lado de seu filho, Augusto Maia (candidato a vereador) e Fernando Aragão (candidato a prefeito)
Um dos grupos caracterizados da cor azul exibia balões e bandeiras de Santa Cruz do Capibaribe, estes também entoavam gritos de guerra como por exemplo o "é mais quatro", um dos bordões da campanha tucana no município.
Imagem expõe como ambos os grupos estavam próximos
Bem ao lado dos indivíduos azuis alguns militantes da Oposição vestidos de vermelho retrucavam os gritos da militância situacionista com outros gritos de "bloqueado" e "ficha suja". Com a troca de palavras e insultos entre os partidários o clima acabou tomando outras proporções, excepcionalmente quando o ex-deputado José Augusto Maia (PTN) juntou-se aos populares que direcionavam criticas para o atual prefeito.

A proximidade entre os partidários foi o agravante que faltava. Em dado momento militantes de Situação que exibiam uma faixa com a frase "Paga Zé" se posicionaram em frente ao grupo de oposicionistas, impedindo que os mesmos tivessem visão ampla do palco onde o prefeito estava. Nesta hora partidários e até mesmo candidatos a vereador pelo grupo de Oposição arrancaram a faixa das mãos dos militantes e houve empurra-empurra.

Veja o momento em que a faixa e retirada:


Apesar do 'choque' entre ambos os grupos, alguns agentes da Guarda Civil Municipal interviram rapidamente e evitaram que a situação se agravasse.
Partidário exibe camisa com mensagem em direção ao palco onde o prefeito e seus secretários encontravam-se
Momentos após o embate entre os grupos alguns militantes ainda protestavam isoladamente.

Alunos de escola técnica também protestaram contra salários atrasados de servidores
Movimentação seria em favor de servidores de instituição de ensino
Um segundo protesto também foi registrado na frente do palanque situado na Avenida 29 de Dezembro. Na ocasião alunos da Escola Técnica José Nivaldo Pereira Ramos protestaram em favor de merendeiras e faxineiros da instituição de ensino que, segundo eles, há três meses estão com os salários atrasados.
Diogo Moraes conversa com os estudantes momentos antes do encerramento do protesto
O grupo exibia alguns cartazes com mensagens direcionadas ao Governo Estadual. Em determinado momento o deputado estadual Diogo Moraes (PSB) deixou o seu assento no palanque e desceu para dialogar com os alunos. Minutos após a conversa os estudantes deixaram o local.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).