.

Dupla de Stª Cruz do Capibaribe é presa por suspeita de participação em sequestro na Paraíba

Ao todo cinco pessoas foram presas e autuadas por sequestro.
Imagens cedidas ao blog pela polícia paraibana
Após receber denúncias que um grupo de criminosos estaria cometendo assaltos em uma estrada da zona rural do município de Umbuzeiro (PB), policiais do grupo de operações especiais se deslocaram até o ponto indicado no intuito de averiguar e posteriormente prender os possíveis assaltantes.

Antes que o efetivo chegasse ao local proposto como parte da operação outra equipe de policiais interceptou um automóvel com cinco ocupantes em uma estrada situada no sítio "Sitaúba de Baixo", onde constatou que o veículo era roubado. Com os passageiros ainda foram localizados R$ 4.856,00 em espécie.

Diogo Henrique Ferreira, 23 anos, morador de Santa Cruz do Capibaribe; o motorista Ubiratan Leite, 31, também de Stª Cruz do Capibaribe; Lucas Gomes Silva, 21, morador de Arcoverde; Cristiane Maria, 25, e Genilda Maria, de 26, não souberam informar a procedência do dinheiro nem do veículo, fato que resultou na prisão preventiva dos mesmos.
Polícia apurou que todos os envolvidos teriam agido em conjunto para obter o dinheiro em troca do garoto de apenas oito anos
Em posse de novas informações a polícia chegou até um morador do Umbuzeiro, ele que seria a vítima e proprietário do automóvel e do dinheiro. Segundo o homem que não teve a sua identidade revelada, os criminosos teriam chegado ao local em posse do seu filho de 8 (oito anos), oferecendo-o como 'moeda de troca' pelo dinheiro e pelo carro.

Após a 'negociação' com a vítima os cincos envolvidos entregaram a criança ao seu genitor e fugiram tomando destino ignorado. A polícia encaminhou os cinco acusados de sequestro para uma Depol local e em seguida os levou para presídios da região.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).