.

Com continuação de greve, agências de Santa Cruz do Capibaribe seguem com operações limitadas

Bancários decidiram continuar greve após recusa de proposta.
Fotos: Paulo Henrique
O Sindicato dos Bancários de Pernambuco recusou essa semana uma nova proposta de acordo para retomada das atividades normais em agências de todo o Estado. A greve iniciada no último dia 06 de setembro segue com fim indefinido.

Uma das reivindicações dos bancários é uma reajuste de 14,78%, porém a porcentagem não tem sido aceita pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Em balanço feito recentemente foi constatado que 90% dos bancos em todo o estado foram afetados pela paralisação.

A equipe do Blog do Bruno Muniz esteve visitando algumas agências de Santa Cruz do Capibaribe para saber como os clientes estão lidando com mais uma paralisação dos bancos, além de constatar a funcionalidade limitada em praticamente todas as agências.

A maioria dos  bancos apresenta complicações na realização de diversas transações, desde saques até mesmo o depósito de valores em cheques ou em cédulas. Apesar da greve a movimentação nos principais bancos da 'Capital das Confecções' seguem intensas.

A agência do Santander é a que mais operações ainda mantem no período de greve. Saques, consultas e depósitos estão sendo realizadas normalmente, todavia os valores depositados demoram um certo período para serem de fato inseridos nas contas de destino.

Santander:

Atendimento – Limitado
Depósitos – Parcialmente comprometidos
Consultas – Normalizado
Saques – Normalizado (porém com poucos caixas)
Transferências – Normalizado mediante agências
Serviços Internos – Comprometido
Agência do Banco Bradesco em Santa Cruz do Capibaribe
O Bradesco é um dos bancos que mais limitou suas atividades em Santa Cruz do Capibaribe. Desde que aderiu a greve o banco opera apenas com setor de caixas eletrônicos.
Movimento de clientes no interior do Bradesco é intermediário
Bradesco:

Atendimento – Interrompido
Depósitos – Parcialmente comprometidos
Consultas – Normalizado
Saques – Operando com limitações
Transferências – Normalizado
Serviços Internos – Interrompido
Agência do Banco do Brasil também exibe anúncios da greve na parte externa
O Banco do Brasil apresenta problemas para os clientes principalmente no quesito número de caixas ativos. Os serviços internos do banco também seguem comprometidos, porém com algumas exceções para prestação de informações.

Com a grande quantidade de clientes e um número inferior de caixas eletrônicos funcionando a agência do BB é a que apresenta a maior aglomeração de pessoas.
BB é o que mais fluxo de clientes possui mesmo no período de greve
Banco do Brasil:

Atendimento – Limitado
Depósitos – Comprometidos
Consultas – Normalizado
Saques – Operando com limitações
Transferências – Normalizado
Serviços Internos – Interrompido

A Caixa Econômica Federal tem atendimento externo funcionando de maneira limitada, porém tem aberto exceções para serviços internos, como o pagamento de contas de entidades públicas que podem sofrer multas abusivas em caso de atrasos.

Caixa Econômica Federal:

Atendimento – Interrompido com exceções para o setor público
Depósitos – Situação desconhecida
Consultas – Normalizado
Saques – Operando com limitações
Transferências – Normalizado
Serviços Internos – Situação desconhecida

As agências do Itaú e Banco do Nordeste estão funcionando com basicamente as mesmas limitações apresentadas nas demais agências visitadas. Vale ressaltar que independente dos dados coletados em cada banco, podem ocorrer alterações conforme o transcorrer das horas composta por demanda de clientes.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).