.

Sessão da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe é novamente marcada por clima tenso

Período eleitoral visivelmente esquenta os debates
Fotos: Paulo Henrique
Na manhã desta quinta-feira (18) os vereadores de Santa Cruz do Capibaribe se reuniram mais uma vez para participarem de sessão plenária. Assim como ocorreu nas duas outras ocasiões após o recesso, o clima subiu e os parlamentares novamente foram ao desentendimento.

A 03ª Sessão Ordinária do 2º Semestre de 2016 contou com um público de espectadores mínimo, todavia as discussões seguiram acaloradas em diversos momentos. Na reunião foram debatidos alguns Projetos de Lei, dentre eles o de nº 069/2015 DE autoria do vereador oposicionista Ernesto Maia (PT).

O PL do petista visa estabelecer indicadores de desempenho relativos à qualidade dos serviços públicos da cidade de Santa Cruz do Capibaribe. O documento foi alvo de instabilidade entre as bancadas. Além deste o PL 055/2015 de autoria do vereador Luciano Bezerra (REDE) e outros requerimentos também foram repercutidos.

Devido os impasses ocasionados pelo atraso de alguns parlamentares que dificultaram o início da sessão, o vereador Júnior Gomes (PSB) reclamou, alegando que as sessões haviam sido acordadas para ocorrerem pontualmente ás 8h. Respondendo a situação o presidente Afrânio Marques (PDT) chegou a propor que os salários dos atrasados e faltosos fosse descontado.
"Vamos parar com teatro porque aqui ninguém é inocente. Estou falando para todo mundo e inclusive vou fazer um apelo. Fizemos uma combinação para 8h. Tem vereador chegando 8h30, 8h40… A tolerância é de 15 minutos", – criticou Gomes.
Ernesto Maia e Júnior Gomes foram os principais focos dos desentendimentos que perduraram por boa parte da sessão. Ambos chegaram no horário proposto.
Em mais um encontro o não uso da tribuna também não passou por desapercebido entre os vereadores. Após examinar o Regimento Interno da Casa Dr. José Vieira de Araújo o vereador Ernesto Maia encontrou uma 'brecha' que permite explicações por parte do parlamentar pelo tempo de até cinco minutos, isso dentro do contexto da reunião e após o encerramento da Pauta da Sessão Ordinária.
Júnior Gomes se posicionou contra o tempo para explicações requeridos pelos oposicionistas Ernesto Maia e Carlinhos da Cohab
O espaço para explicações que encontra-se no Art. 159 foi questionado pelo vereador Júnior Gomes, este que argumentou que o dispositivo deveria ser utilizado com as devidas inscrições prévias, antes do início da sessão, fato que não teria acontecido. O socialista ainda lembrou que anteriormente teria sido decidido apenas o debate sobre a pauta do dia, não havendo uso da tribuna e nenhuma outra abertura semelhante.

O presidente da Casa acabou por conceder o tempo aos vereadores da bancada oposicionista, fato que resultou em insatisfações por parte de Júnior Gomes que alfinetou:
"Espero que as consequências da decisão de vossa excelência não produzam os efeitos que a gente já sabe que podem produzir."
Após a polêmica fala Júnior deixou o plenário alegando que teria outros compromissos já agendados. Após serem concedidos os espaços para pronunciamentos (explicações) dos vereadores os parlamentares de ambas as bancadas ainda entraram em um novo embate aos tratarem das contas do prefeito Edson Vieira (PSDB).

Do quadro de vereadores da Casa apenas Zezin Buxin (PSDB), Luciano Bezerra (Rede) e Vânio Vieira (PTB) não compareceram.
Contas de ex-prefeito e prefeito também acabaram tomando os debates na sessão desta quinta
Bastidores fervendo

Após o final da reunião ainda houve desentendimentos paralelos entre os vereadores nos corredores da Câmara Municipal. A estimativa é que o clima siga aquecido até a realização das eleições municipais, em outubro.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).