.

Mudar como? Mais avanços onde?


Observando os slogans de campanha dos dois principais candidatos a prefeito de Santa Cruz do Capibaribe surge o questionamento pensar: "Em quem votar e porque votar em 02 de outubro?"

O candidato de Oposição Fernando Aragão (PTB), trás como plataforma de campanha o “É pra mudar”. Porém, não aponta o que é preciso mudar. Quais as áreas, que programas e principalmente como serão feitas essas mudanças. Para se mudar de direção o eleitorado precisar de clareza sobre como se dariam essas mudanças. É preciso apontar com responsabilidade onde o atual governo errou e através de um planejamento, de um Plano de Governo, apresentar as soluções. 

Sabemos que existe uma grande parte da população que ainda vota pela paixão política, porém existe uma boa parte que vota de acordo com as propostas dos candidatos, e é essa pequena parte que pode definir a eleição. 

A Oposição não pode apenas chegar e dizer que a atual administração está ruim e que precisa mudar. Sabemos que a população procura uma garantia, uma segurança e se essa proposta de “mudança” não for bem argumentada, o povo opta pela continuidade. 

Até o momento a campanha de Fernando se limitou apenas a bater na atual gestão, apontando falhas genéricas, sem apontar soluções. Falar que Edson Vieira (PSDB) desviou dinheiro, está com seus bens bloqueados, atrasou salários e etc, não são argumentos para ganhar o voto. É preciso mostrar o que se pretende fazer, como irá fazer e quando irá fazer. 

Por outro lado, em 2012 o atual prefeito em sua campanha pediu uma “Chance”. E pela proposta apresentada na campanha e pelo sentido de mudança, o povo resolveu trocar o comando da administração municipal. Na campanha, Edson fez várias promessas, umas foram cumpridas e outras não, mas o povo o elegeu em cima dessas propostas. 

Agora na campanha de reeleição Edson vem com a proposta de “Mais Avanços”, mas que também ainda não pontuou onde serão esses avanços. Em quais áreas, como fazer, onde fazer e quando irá fazer. O que vemos é uma campanha pautada no que já foi feito, mas para isso o povo já votou em 2012. Agora é preciso apresentar propostas que justifiquem mais quatro anos de Edson Vieira. Caso contrário, poderemos resultar em casos muito comuns – Primeiro mandato regular ou bom e um segundo mandato péssimo. 

Não somos defensores na continuidade, nem da mudança. Somos defensores de uma administração pública responsável e de qualidade; pautada em pospostas, plano de governo e clareza de: o que, como e quando irá fazer. 

Por Marciel Aquino

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).