.

Médica cubana é vítima de estupro, no Agreste


A Polícia Civil informou, nesta quarta-feira (03), que o caso da médica cubana violentada sexualmente na última segunda-feira, dia 1º de agosto, segue sob investigações minuciosas.

O departamento policial relatou que o fato ocorrido no município de Capoeiras, Agreste do Estado, ainda não poderá ser totalmente tornado público, tendo em vista não atrapalhar as investigações em andamento.

Segundo informações, a vítima teria sido submetida a exames onde foram coletadas provas que apontaram para a violência sexual. A polícia já reuniu informações e em breve deverá ter um parecer definitivo sobre a identidade do criminoso.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).