.

"Matei e mataria de novo", diz adolescente confesso de latrocínio contra jovem em Belo Jardim

Local onde o crime aconteceu - Foto: Arquivo
A polícia já conseguiu deter o menor de 17 suspeito de ser o principal autor dos disparos que resultou na morte da jovem Renata de Souza Cordeiro (26 anos), no último dia 19 deste mês, em Belo Jardim, no Agreste.

Na ocasião Renata chegava em uma residência situada em um bairro da periferia, quando teria sido abordada por dois indivíduos, sendo um deles o adolescente preso esta semana no mesmo município.

No momento do assalto Renata acabou se assustando com a ação dos criminosos e gritou, fato que levou um deles, o adolescente, a engatilhar e disparar contra ele por várias vezes - relembre.

No ato da prisão do adolescente um fato chamou atenção. Em depoimento o menor demonstrou extrema frieza e fez declarações perturbadoras sobre o crime que vitimou a jovem inocente.
"Matei e mataria de novo", disse o menor infrator em pronunciamento afirmando que só queria o celular da vítima.
Imagem do arquivo pessoal de Renata Souza
A polícia ainda está investigando o caso para apurar a participação do segundo envolvido com o crime, este que até então ainda não teve o seu nome e idade revelada.

O crime contra Renata chocou moradores do Agreste e principalmente de Belo Jardim. O menor apreendido permanece à disposição da justiça.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).