.

Estudantes de Santa Cruz do Capibaribe embarcam para países estrangeiros pelo PGM

Fotos: Alyne Pinheiro (Divulgação)
Na tarde desta terça-feira (26), 23 estudantes da rede estadual de ensino embarcaram para Córdoba, na Argentina, onde irão estudar um semestre letivo na modalidade High School, por meio do Programa Ganhe o Mundo (PGM). Estiveram presentes no embarque o ex-intercambista do PGM, Jonas Tavares, que viajou para os EUA por meio do programa e depois teve uma experiência acadêmica posterior em Xangai (China), o governador do Estado, Paulo Câmara, o Secretário de Educação, Fred Amancio, e a Superintendente do PGM, Renata Serpa, além das famílias dos estudantes embarcados.


Os estudantes que embarcaram nesta tarde são dos municípios de Afogados da Ingazeira, Araripina, Arcoverde, Caruaru, Garanhuns, Petrolina e Salgueiro. Lidianne Oliveira, de 16 anos, fala que sonhava em participar do PGM antes mesmo de começar a estudar na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Dom Helder Câmara, em Lagoa Grande.
“Para mim é um sonho que está se realizando. Me matriculei na EREM pensando no PGM e chegar até aqui me deixa muito feliz. A ficha ainda não caiu, mas tenho a expectativa de que a viagem será muito proveitosa”, declara.
Para Joelma Oliveira, mãe da estudante, os momentos no aeroporto eram de apreensão.
“Convivo com ela 24 horas por dia, participo de tudo na vida dela e confesso que não sei como vai ser minha rotina nesse período que ela vai estar longe, mas entendo que é pro bem dela e torço muito por ela”.

O programa de intercâmbio do Governo do Estado oferece aos estudantes a oportunidade de cursarem um semestre letivo em escola de High School, além de seguro saúde internacional, passagens aéreas, acomodação em casa de família (host Family) com todas as refeições garantidas, além de uma bolsa mensal no valor de R$ 719,00. As informações são da Secretaria Estadual de Educação.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).