.

Entendendo o que é Cirurgia Bariátrica

Nutrição e Saúde Integral
Imagem ilustrativa - Clique para ampliar
Tendo em vista o elevado aumento das cirurgias bariátricas (popularmente conhecidas como cirurgias de estômago) em todo o Brasil nos últimos anos, traremos nessa postagem um pouco mais deste tema, na visão da nutrição e no contexto da saúde humana.
Dra Claudenise Dantas - Foto: Arquivo pessoal
Para isso, entrevistei a Dra Claudenise Dantas, Mestre em Nutrição pela UFPB, Professora universitária doutoranda e Nutricionista do Centro Gastrobariátrico da Paraíba, em João Pessoa. Atente para entrevista abaixo.  

Nut. Helder - Na visão da Nutrição, o que é a cirurgia bariátrica?
Dra. Claudenise Dantas: Consiste em um procedimento, o qual deve ser realizado em última instância, ou seja, quando todos os métodos convencionais, como dieta alimentar e terapia medicamentosa já não mais apresentam sucesso.
Nut. Helder - Para quem deve ser indicada a cirurgia bariátrica? E Como uma pessoa obesa sabe que necessitará recorrer a esta cirurgia?
Dra. Claudenise Dantas: De acordo com o Conselho Federal de Medicina publicado no Diário Oficial da União a Resolução n° 2.131/15 a indicação de cirurgia bariátrica é para pacientes com índice de massa corporal entre 35kg/m², associado a comorbidades, e 40kg/m² independente de comorbidades (doenças associadas). As comorbidades são: diabetes tipo 2, apneia do sono, hipertensão arterial, dislipidemia, doença coronária, osteo-artrites, doenças cardiovasculares (infarto do miocárdio, angina, insuficiência cardíaca congestiva, acidente vascular cerebral, hipertensão e fibrilação atrial, cardiomiopatia dilatada, síndrome de hipoventilação), asma grave não controlada, osteoartroses, hérnias discais, refluxo gastroesofageano com indicação cirúrgica, colecistopatia calculosa, pancreatites agudas de repetição, esteatose hepática, incontinência urinária de esforço na mulher, infertilidade masculina e feminina, disfunção erétil, síndrome dos ovários policísticos, veias varicosas e doença hemorroidária, hipertensão intracraniana idiopática, estigmatização social e depressão.  ATENTAR QUE uma pessoa obesa só saberá que necessita de procedimento cirúrgico passando por uma triagem médica especializada.
Nut. Helder - Quais os tipos de cirurgias bariátricas existentes?
Dra. Claudenise Dantas:  A cirurgia bariátrica pode ser restritiva, disabsortiva e mista. O principal tipo de cirurgia bariátrica realizado atualmente é o bypass gástrico, uma técnica cirúrgica considerada mista, por restringir o tamanho da cavidade gástrica e, consequentemente, a quantidade de alimentos ingerida, e por reduzir a superfície intestinal em contato com o alimento (disabsorção).
Figura: BORDALO, 2010
Nut. Helder -  Tendo em vista muitos casos, onde o paciente não pode custear na rede privada de saúde tal tratamento cirurgico, qual a abrangência do SUS (sistema único de saúde) referente a cirurgia bariátrica?
Dra. Claudenise Dantas: O Sistema Único de Saúde fornece a intervenção cirúrgica gratuitamente aos pacientes classificados com obesidade mórbida (IMC igual ou superior a 40 kg/m²) que correm risco de desenvolver outras doenças graves por causa da patologia presente e cujos mesmos não apresentaram êxito ao tratamento convencional, correspondente a dieta e tratamento medicamentoso.  O paciente que se enquadrar nessa categoria deverá ser encaminho pelo médico para a intervenção cirúrgica pelo SUS, onde o mesmo entrará em uma fila pública para realização do procedimento cirúrgico que pode durar meses ou anos.  
Nut. Helder - Qual o papel da intervenção Nutricional e acompanhamento pelo Nutricionista antes, durante e depois da referida cirurgia?
Dra. Claudenise Dantas: Os Pacientes submetidos à cirurgia bariátrica apresentam maior risco de desenvolver deficiências nutricionais decorrente a limitação na ingestão e absorção de diferentes nutrientes. O papel do nutricionista é de suma importância para o paciente tanto no pré-cirúrgico, assim como no pós cirúrgico. O pré-cirúrgico é marcado por uma conversa multidisciplinar (psicólogos, nutricionistas, endócrinos,cirurgiões) para preparar o paciente por meio de interação corpo e mente. O nutricionista é de suma importância para preparar o paciente a novos hábitos alimentares, o que chamamos de mudança de estilo de vida, além de prepara-los para a intervenção a cerca de volumes e consistências dos alimentos a serem ofertados. O pós- cirúrgico é marcado por uma readaptação alimentar, cujo paciente irá passar por protocolos nutricionais, os quais tem como meta repor os nutrientes necessários, oferta volume e consistência de acordo com a evolução individual do paciente, além de introdução de suplementos necessários para adequação das suas necessidades, o qual também é totalmente individualizado.
Nut. Helder – Para finalizar nosso papo, deixe uma mensagem para todos os leitores do blog, acerca da importância da Nutrição e dos efeitos da cirurgia bariátrica.
Dra. Claudenise Dantas:  O paciente que deseja ou já irá passar pela cirurgia deve se conscientizar da importância do papel da nutrição, pois é o profissional habilitado a adequar os nutrientes em todas as fases de maneira individualizada, assegurando-o de uma boa recuperação, além de auxilia-lo a mudança do estilo de vida, que inclui hábitos alimentares saudáveis, assim como prevenindo possível deficiência de nutriente como vitaminas, proteínas e o reganho de peso ao longo dos anos.
Esperamos que tenham entendido um pouco o que é a cirurgia bariátrica. E que a mesma deve ser tratada como último recurso, pois a cirurgia que é benéfica para os quadros prescritos de obesidade associada a doenças, traz também restrições alimentares e toda uma disciplina para novo estilo de vida a ser seguido. Até próxima postagem útil e importante para sua saúde, no melhor blog da cidade. Abraços a todos!

Nutricionista Helder Viegas
CRN6 10289 - Especialista em Nutrição Clínica 
Especialista em Fitoterapia e Suplementação Esportiva
Atende na Clínica Sant’Anna, em Sta Cruz do Capibaribe (3731-4267)
Contato e dúvidas: helderviegas1@hotmail.com

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).