.

Deomedes Brito argumenta condenação perante a Justiça Eleitoral

Deomedes Brito - Foto: Arquivo
No início desta semana, o vereador Deomedes Brito, do PT, enviou aos meios de comunicação de Santa Cruz do Capibaribe e região, uma nota onde argumenta a sua condenação perante a Justiça Eleitoral. Na semana passada, o órgão apontou que o político havia cometido uma irregularidade eleitoral ao compartilhar uma pesquisa de teor fraudulento, em sua página no Facebook.

Na ação movida contra Deomedes, o Partido Trabalhista Cristão (PTC) 'printou' a imagem que o vereador reproduziu em sua rede social, fator que pesou na hora da avaliação pelo juiz Dr. Tito Lívio. A sentença resultou ao político uma multa de R$ 20 mil.

Veja a nota da assessoria do vereador petista:
Nota de Esclarecimento

Deomedes Alves de Brito, vereador no município de Santa Cruz do Capibaribe, informa por meio desta que respeita a decisão judicial proferida pelo juiz eleitoral que aplicou multa por suposta divulgação de pesquisa sem registro, no entanto, discorda dos termos da referida sentença e por isso recorreu.

Em sua defesa o vereador alegou a ausência de ata notarial que constatasse a postagem de pesquisa eleitoral por sua pessoa, além disso, mesmo que tivesse sido plenamente provada a publicação daquela em rede social, havia nela elementos que induziam ao erro, portanto, o dolo necessário para configurar a afronta a lei eleitoral não estaria presente.

A representação foi protocolada pelo presidente do diretório municipal do PTC, pessoa que ocupa cargo de confiança no executivo local, tal demanda foi proposta para tentar intimidar a vigilante e incansável fiscalização praticada por este vereador, que não se irá se amedrontar e continuará o seu trabalho.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).