.

Após 48 horas, cão atropelado e morto permanece em via pública

Fato aconteceu em movimentada avenida de Santa Cruz do Capibaribe
Foto: Bruno Muniz
Esta semana um caso de atropelamento e morte de animal doméstico registrado no bairro Malaquias Cardoso em Santa Cruz do Capibaribe está chamando atenção pelo tempo em que o cadáver permanece no local.

Após 48h,  pouco mais de dois dias, nenhum responsável pela Vigilância Sanitária ou outro órgão responsável compareceu para realizar a remoção do animal, um cão nesta ocasião.

Segundo as regras básicas de saúde pública, recomenda-se que animais mortos em via públicas ou até mesmo em residências sejam devidamente remanejados para locais desertos, isso tomando-se os devidos cuidados para que se evite o contágio ou transmissão de doenças.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).