.

Acusada de estelionato em Pernambuco é presa por golpe em Curitiba

Estelionatária chegou a aplicar golpes em vítimas de Santa Cruz do Capibaribe
Jaty do Rêgo Barros Munis - Foto: Arquivo pessoal
Na última segunda-feira (18), foi presa em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, Jaty do Rêgo Barros Muniz, de 30. Segundo informações da polícia, Jaty teria sido capturada após aplicar um golpe de empréstimos contra a sua própria sogra. A acusada havia chegado há poucas semanas no município citado, onde se tornou noiva de um jovem com deficiência.

Ainda de acordo com a polícia, a acusada teria se aproveitado da condição de seu companheiro para aplicar os golpes. Ao todo aproximadamente R$ 10 mil foram subtraídos ilegalmente da vítima.

Ficha criminal

Após ser denunciada pela própria sogra, a Polícia Civil acabou sendo surpreendida ao constatar que a acusada possuía um mandado de prisão em aberto por crimes de estelionato, sendo eles praticados em Pernambuco.

Segundo informações, Jaty possuía uma empresa de eventos e turismo no Estado Nordestino, onde lesou dezenas de pessoas. Após receber os pagamentos por shows ou viagens e acusada costumava fugir com os valores.

Dentre as vítimas também foram lesados clientes da estelionatária em Santa Cruz do Capibaribe, como foi o caso do ator Diógenes Rodrigues, que comentou sobre o caso.
"Há algum tempo venho denunciando uma salafrária que deu um golpe de estelionato em alguns amigos e eu, Jaty do Rêgo Barros Muniz. E hoje, essa golpista caiu, depois das minhas publicações ela fugiu para Curitiba e lá ficou noiva de um rapaz que tem uma deficiência e vinha dando golpe na mãe do noivo, mas dessa vez ela caiu e que a justiça seja feita", disse o ator.
Após a prisão, Jaty foi conduzida até uma unidade prisional feminina de Curitiba, onde aguardará por um posicionamento da justiça.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Cordialmente: Equipe Blog do Bruno Muniz (Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso).